sábado, 13 de outubro de 2018

Holanda passeia em Amsterdã e joga Alemanha para "zona de rebaixamento" do grupo

(Foto: Reuters)


Os bravos guerreiros holandeses passearam para cima dos tetracampeões mundiais neste sábado em Amsterdã. Com uma atuação impecável, a Laranja não deixou a Alemanha jogar e, com justiça, venceu por 3 a 0 o duelo válido pela Liga das Nações. Van Dijk, Depay e Wijnaldum marcaram os gols do triunfo que encerrou um jejum no confronto e ainda jogou o time de Joachim Löw para a "zona de rebaixamento" do Grupo 1 da Liga A.


Fora da Copa e da Euro, a Holanda dá sinais de força e joga a Alemanha para a lanterna. Após fazer jogo duro com a França na casa dos campeões mundiais, líderes da chave com quatro pontos, a Laranja chega aos três e ocupa a segunda posição. A Alemanha, ao final do primeiro turno, segue com um ponto na terceira colocação.

Na Liga A, espécie de elite da competição, o primeiro de cada grupo avança à semifinal, enquanto o último é rebaixado à Liga B. Confira a tabela.

Nos últimos cinco jogos entre as duas seleções, a Alemanha venceu três e empatou as outras duas. A Holanda, por sua vez, não vencia uma partida oficial diante da rival desde a Euro de 1992. A imprensa alemã pressiona Joachim Löw e companhia.

Joachim Löw chegou ao seu 168º jogo à frente da Alemanha e quebrou o recorde de Sepp Herberger como técnico que mais comandou a seleção tetracampeã do mundo. Só não teve lá muitos motivos para comemorar a marca.

Mesmo com menos posse de bola (42%) e finalizações (13 x 11), a Holanda foi melhor no jogo. No primeiro tempo, a diferença não foi tão gritante assim, e a conclusão de Van Dijk, aproveitando rebote de Babel, foi suficiente para deixar os anfitriões em vantagem.

Mas foi na etapa final que o contra-ataque da Laranja se mostrou mortal. Depois de algumas chances perdidas, Depay acertou o pé aos 41 para ampliar a diferença - e, em seguida, carimbou o travessão, numa oportunidade parecida. Nos acréscimos, Wijnaldum fez fila para fechar a conta: 3 a 0.

Globo Esporte