segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Ponto de Opinião: Torcida cobra por melhoras, mas não sabe se comportar dentro do estádio

(Foto: Reprodução)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


Equipes como São Paulo, Internacional, Palmeiras, Flamengo e Vasco foram cobradas por suas torcidas por melhoras no futebol apresentado dentro de campo e por mais atitude dos jogadores para buscar a glória. Ao mesmo tempo, esta mesma torcida promove o quebra-quebra dentro dos estádios e prejudica cada vez mais o seu time do coração.

Não estou generalizando, sei que existem torcedores que são apaixonados e sabem se comportar, mas hoje vivemos em um dilema de “se você não cumprir com o seu papel de clube, eu não vou cumprir o meu de torcedor”. A lógica parece estranha, mas é a mais pura verdade do futebol brasileiro.

Episódios como a torcida do Flamengo em confusão no Maracanã ou torcedores pichando o muro no São Paulo são indícios da intolerância absurda dos "fanáticos". Não devemos aceitar que episódios como esses continuem.

Destruir cadeiras, brigar com a torcida adversária ou pichar muros de centro de treinamentos não vão mudar a postura do time dentro de campo. É preciso jogar futebol com consciência, mas também ser torcedor com responsabilidade. Apontar o dedo para culpar é fácil, o difícil é quando a culpa é sua.

Descontar com violência não ajuda. O futebol precisa se unir para um esporte mais democrático, fraterno e apaixonado. O amor à camisa está muito de lado e precisamos revigorar essa paixão. Ou vamos acabar em mais um 7 a 1.