sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Vôlei Ribeirão usa hidroginástica como ferramenta de treinamento

(Foto: Alisson Santos / WA Comunicação) 


Após a partida de despedida do Campeonato Paulista, o time masculino de vôlei de Ribeirão Preto iniciou a preparação para a Taça Prata. Nesta quarta-feira, 20, a equipe fez um trabalho regenerativo na piscina. O que também ajuda na prevenção de lesões.

O trabalho foi dividido em duas turmas em períodos diferentes. Segundo o preparador físico do Vôlei Ribeirão, Lucas Muller, a intensão é sair da rotina exaustiva de treino sem deixar o ritmo cair. “O começo da semana foi composto por treinos intensos. Por isso, a ideia é de sair do ambiente de quadra e de academia para quebrar a rotina. Além de fazer o relaxamento muscular, também foi feito um acompanhamento fisioterapêutico para evitar qualquer tipo de lesão”, afirma.

De forma descontraída, na água, foram realizados exercícios de alongamento e com bola. As atividades foram orientadas por Lucas Muller e teve o acompanhamento do fisioterapeuta do time, Alexandre Collucci, que pode avaliar a evolução da performance de cada atleta desde o início dos treinamentos.

“É importantíssimo os treinos com bola em quadra e na academia, mas precisamos ficar atentos com o nível de rendimento de cada jogador e fazer constantes avaliações para que eles não atinjam a exaustão”, explica Alexandre Collucci.

Com a temperatura máxima atingindo a casa dos 35ºC e umidade em 22%, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, o clima foi perfeito para aumentar a interação do grupo com um “rachão” de polo aquático no final.

“A piscina também faz parte do nosso trabalho, mas saímos um pouco da quadra para fazer algo diferente. Isso é bom para o corpo e também para mente. Além de aumentar a interação e união do grupo”, ressalta Rafinha, líbero do Vôlei Ribeirão.

Jogo-treino

A equipe ribeirão-pretana fará uma partida amistosa contra o líder da primeira fase do Campeonato Paulista, o Sesi-SP, na Cava do Bosque. O time paulistano vai a Ribeirão com força máxima, incluindo Lipe, campeão olímpico pela seleção brasileira.

Esse será o único compromisso oficial do Vôlei Ribeirão antes da viagem de terça-feira, 26, para Maringá, Paraná, onde disputará a “Copa Maringá” entre os dias 27 e 29 de setembro.

O primeiro confronto contra o time da capital resultou em derrota por 3 sets a 0, com parciais de 25 x 16, 25 x 14 e 25 x 22. A disputa ocorreu no ginásio do Sesi, em Santo André, região metropolitana de São Paulo.