sábado, 28 de outubro de 2017

Fernandinho marca, Sané se destaca e líder City vence o West Bromwich fora de casa

(Foto: Reprodução)


Com o controle da posse de bola, o Manchester City conseguiu concretizar algumas oportunidades e venceu o West Bromwich por 3 a 2. Gabriel Jesus não foi bem: levou cartão amarelo, ficou preso na marcação dos zagueiros e acabou sendo substituído por Gundogan no fim da partida.

No entanto, quem mandou bem foi Fernandinho: ele deu passe para Sané marcar, aos 10; na sequência, teve a gentileza retribuída e deixou o seu, cinco minutos depois. No meio tempo entre os dois gols, Jay Rodriguez já havia empatado, em um início cheio de emoções.

Foi a entrada de Sterling que definiu o andar do jogo: o inglês concluiu uma bela jogada e marcou com menos de três minutos em campo. No fim, Otamendi bobeou ao recuar de peito para Ederson, e Phillips deu nova esperança ao time da casa. Porém, não houve tempo para outra chance.

O City continua sua campanha espetacular no Inglês até aqui. Sob o comando de Guardiola, lider o campeonato com 28 pontos conquistados em 10 jogos: são nove vitórias e um empate. Com a partida de hoje, são 35 gols marcados e apenas cinco sofridos.

Menos de cinco minutos se passaram entre os três primeiros gols da partida. Aos 10, Sané recebeu boa bola de Fernandinho e abriu o placar. Dois minutos depois, Barry lançou Jay Rodriguez, que encobriu Ederson e marcou. Aos 14, foi a vez do meia alemão retribuir o presente e tocar para o brasileiro marcar.

Antes dos gols em sequência, a partida já era boa, com uma chance perigosa para cada time. Depois, o City controlou as ações e a posse de bola chegou a ser de 78%. Os citizens tiveram mais dois bons lances, e as duas equipes assustaram uma vez nas jogadas aéreas: David Silva perdeu oportunidade incrível de um lado, e Rondón desperdiçou do outro.

A partida foi mais equilibrada na segunda etapa, mas Sterling resolveu. Aos 16, ele entrou. Aos 19, completou linda jogada do City, que rodou a bola com maestria - ele só teve o trabalho de mandar cruzamento de Walker para a rede. Depois, o time visitante só administrou. Ainda assim, sobrou tempo para Phillips descontar após falha feia de Otamendi, que recuou a esférica com o peito para Ederson e errou.

O argentino assistiu do banco de reservas a vitória de sua equipe contra o West Brom. O motivo: descanso. Afinal, o City tem outro desafio importante na quarta-feira, quando enfrenta o Napoli, pela Liga dos Campeões.

Além disso, ele atuou por 120 minutos no confronto da Copa da Liga contra o Wolverhampton, que só foi resolvido nos pênaltis.

Globo Esporte