segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Tradicional Corrida/Caminhada Outubro Rosa de Ribeirão Preto reúne 1.700 participantes e anuncia data para 2018

(Foto: Rafael Cautella)


No último domingo, dia 01 de outubro, a cor rosa tomou conta do estacionamento do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, com a realização da 4ª edição da Corrida/Caminhada Outubro Rosa. No total, 1.700 pessoas - entre homens e mulheres de diferentes idades – participaram do evento que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, além de incentivar mais qualidade de vida por meio de um esporte que vem ganhando cada vez mais adeptos.

"A causa é nobre e a cada ano sentimos que o evento ganha mais força e consegue envolver novos participantes. O sucesso da corrida mostra que a população de Ribeirão Preto está cada vez mais engajada em prol da prevenção do câncer de mama", conta Arthur Rizzi, um dos organizadores do evento.

A próxima edição da prova, que comemorará cinco anos, já tem data confirmada para o dia 07 de outubro de 2018.

Resultados

A corrida premiou os três primeiros colocados de 24 categorias, divididas por sexo e faixa etária. Os primeiros a cruzarem a linha de chegada na categoria geral foram: Adriano da Silva Simão com 16min40s em primeiro lugar; na sequência Wilme Oliveira com 17min07seg e Marcelo Simoni Rezende com 17min19s. Já na classificação feminina o primeiro lugar foi para Tatiana Rodrigues Fernandes registrando o tempo de 19min51s, em segundo Eulalia dos Santos com 20min06s e Vanez de Souza Aguiar em terceiro com o tempo de 20min43s. A prova também teve a participação de paratletas e todos foram contemplados na premiação.

A Corrida/Caminhada Outubro Rosa realizada pelo InORP (Instituto Oncológico de Ribeirão Preto) e pela ARS Eventos e Consultoria Esportiva teve todo resultado revertido para o IEPO (Instituto de Ensino e Pesquisa em Oncologia de Ribeirão Preto) - instituição sem fins lucrativos, que tem como atividade o aperfeiçoamento dos profissionais que atuam no instituto – com a realização de aulas, palestras e cursos –, além de proporcionar aos familiares e pacientes com câncer o maior conhecimento sobre seus direitos e deveres.