quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Biometria inovadora e análises em tempo real permitem a Williams melhor performance ao dirigir

(Foto: Divulgação)


A Avanade está ajudando a Williams Martini Racing, uma das equipes de maior sucesso na história da Fórmula 1, a explorar os dados biométricos no sentido de analisar especificamente cada um dos aspectos de performance nas paradas de boxes e manter a competitividade em relação aos concorrentes para sempre alcançar tempos mais rápidos. A Avanade desenvolveu a solução WISDOM, de análises em tempo real, para os engenheiros da escudeira, como primeiro passo em direção à adoção da inteligência artificial para tomada de decisões em segundos durante as corridas.

Para aproveitar o poder do digital a fim de impulsionar as mudanças no desempenho humano, a Avanade trabalhou com a Williams para capturar e avaliar uma variedade de dados biométricos (frequência cardíaca, taxa de respiração, temperatura e aceleração de pico) dos membros-chave da equipe. Os dados em tempo real da equipe são carregados em um banco de dados com o Microsoft Azure. Além disso, múltiplos conjuntos de dados são processados usando a tecnologia de visualização de dados do Microsoft Power BI e exibidos por meio do Painel de Análises Biométricas da Avanade.

O especialista em desempenho humano da Williams é capaz de avaliar os dados e análises de dados biométricos para obter uma melhor compreensão das áreas que precisam de melhorias com o objetivo de alcançar paradas cada vez mais rápidas, de forma consistente. Por exemplo, a análise dos dados, obtidos a partir dos bio-harnesses pode fornecer informações, sobre a fisiologia por trás de um "pit stop perfeito".

"Estamos muito orgulhosos de nossas performances nas paradas de boxes e com o propósito de permanecer consistentemente abaixo de dois segundos", diz Graeme Hackland, CIO da Williams Martini Racing. "Estamos focados em garantir que cada aspecto do pit stop seja otimizado e trabalhar com a Avanade significa que podemos obter os dados do carro ou do piloto diretamente para o engenheiro certo, no momento certo, assim será possível tomar a decisão correta com mais frequência".

"O tempo é verdadeiramente essencial quando se trata de paradas de boxes na Fórmula 1. É ótimo ver uma organização como a Williams Martini Racing abraçar a tecnologia da Microsoft para capturar e analisar dados biométricos no sentido de melhorar seu desempenho de pit stops na corrida em São Paulo e economizar segundos preciosos em cada disputa", afirma Rodrigo Caserta, Country Manager da Avanade no Brasil.

Ao utilizar a metodologia Agile e os princípios do DevOps, a Avanade também desenvolveu uma solução analítica de alto desempenho e baixo custo para os engenheiros da Williams, chamado WISDOM. O conjunto de aplicativos e data warehouse integra e analisa sensores, tempo, telemetria, GPS, consumo de combustível e outros dados em tempo real durante uma corrida, orientando engenheiros e apoiando decisões que influenciam diretamente os resultados.

A solução WISDOM representa o primeiro passo para a aplicação da inteligência artificial aos desafios da tomada de decisão em segundos, que enfrentam os engenheiros em todas as corridas. Duas de suas principais aplicações são Live Race Trace e Tire Optimization:

O Live Race Trace combina alimentação de dados da disputa ao vivo e análises preditivas para simular a corrida completa enquanto está em andamento e prever o resultado.

O aplicativo Tire Optimization modela o desempenho dos pneus dos carros de Williams e de seus concorrentes, ajudando os engenheiros a tomar melhores decisões se, e quando chamar a paradas nos boxes.

A Avanade vem trabalhando com a Williams Martini Racing desde janeiro de 2015, ajudando a equipe com seus esforços de transformação digital. A equipe está fazendo investimentos para criar um local de trabalho digital em sua fábrica em Grove, Oxfordshire (Reino Unido), e em cada circuito que visita durante a temporada. A Avanade também construiu o novo site da equipe antes da temporada 2016 e desenvolveu uma ferramenta de otimização de pneus para analisar o desempenho do carro.