sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Com estádio lotado, Roberto Carlos reúne amigos para partida beneficente em Ribeirão Preto, SP

(Foto: Francisco Cepeda/Divulgação)

Por Nicholas Araujo
Ribeirão Preto, SP


O ex-jogador Roberto Carlos promoveu nessa quinta-feira (28) o “Roberto Carlos Entre Amigos”, com a presença de vários jogadores e ex-jogadores, além de cantores, atores e personalidades, para uma partida beneficente no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

O evento é o primeiro promovido pelo ex-lateral no Brasil e contou com cerca de 28 mil torcedores para lotar o Santão. "O melhor de tudo foi unir as pessoas por uma causa e proporcionar um espetáculo pra todos. O brasileiro é muito solidário, tenho orgulho disso”, disse Roberto Carlos.

De um lado, o time do RC contava com Fábio Carille como técnico e composto por Doni, Marcos Assunção, Bordon, RioNegro, Ale Oliveira, Rafael Vaz, Fernando Pires, Denilson, Elano, Cicinho, Fagner, Paschoal, Elenei e André.

Denilson deu um show de bola e irreverência, que levantou o público. Doni foi destaque por boas defesas e recordou os tempos em que defendeu o Botafogo no início da carreira.

Do outro lado, os Amigos do Cantor Daniel contaram com Guina como técnico e composto por Sergio, Livinho, Vinicius, Fabio Aurélio, Amaral, Gabriel, Marco Aurélio, cantor Rick, Popó, Leandro Guerreiro, Fernando Pitter, Juninho, Danilo Andrade, Marcelo, Lucas, Alejandro, Felipe, Gustavo Mioto e o cantor João Bosco.

Chuva de fotos

Fábio Carille e o ex-zagueiro Chicão, que defendeu o Corinthians, atenderam uma “chuva’ de celulares que “voavam” do público próximo ao banco de reservas. O técnico do Timão posou para fotos a distância e também fotografou o público das arquibancadas. O cantor Rionegro também atendeu as inúmeras fotos da galera.

Retorno

Roberto Carlos espera ampliar o evento em 2018, trazendo jogadores internacionais, mas não cravou um retorno à Ribeirão Preto.

“Pode ser aqui novamente, mas com mais jogadores que todos conhecem. Por compromissos pessoais, muitos não vieram. Kaká, Robinho, Ronaldo, Neymar... E ano que vem quero trazer pelo menos dois jogadores internacionais. Hierro, Redondo, Michel Salgado, Maradona. A ideia é trazer gente de fora para também conhecer nosso país”, disse.

A partida, que foi beneficente, teve sua renda revertida para o Hospital de Câncer de Ribeirão Preto e à Associação Amigo do Autista (AMA). Os alimentos arrecadados na troca pelos ingressos foram doados para o Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Ribeirão.