sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

São Paulo prorroga concessão do CT da Barra Funda por até 40 anos

(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)


O São Paulo continuará a utilizar o CT da Barra Funda para se preparar nas próximas décadas. Nesta sexta-feira, o vereador e prefeito em exercício Milton Leite sancionou o projeto de lei que aumenta em 20 anos, prorrogáveis por outros 20 anos, a concessão do local ao clube.

“Tudo foi sancionado hoje. Como contrapartida, montaremos duas creches com capacidade para receber 160 crianças em terrenos cedidos pela Prefeitura, uma próxima daquela favela nos arredores do CT, onde poderemos atender a comunidade local, e outra perto do Morumbi”, informou o diretor de futebol José Jacobson Neto, em conversa por telefone.

A renovação da concessão do CT da Barra Funda era uma preocupação do São Paulo, já que o terreno seria de uso do clube até junho de 2022, conforme acordado em meados de 1982. O projeto para a prorrogação foi de autoria do vereador Eduardo Tuma (PSDB), primo de Romeu Tuma Júnior, candidato à presidência do Corinthians.

“É algo muito importante para nós. Estamos há bastante tempo no terreno, pelo qual zelamos e fizemos melhorias… A concessão venceria nos próximos anos, e não sabemos como seria feita a manutenção sem o São Paulo. Conseguimos a prorrogação agora, graças ao vereador Tuma, ao prefeito João Doria, ao prefeito em exercício Milton Leite, ao secretário de Esportes Jorge Damião, ao secretário de Gestão Paulo Uebel, ao também secretário Julio Semeghini, ao secretário de Educação Alexandre Schneider… Foi um conjunto de esforços”, agradeceu Jacobson.

Gazeta Esportiva