quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Sem acordo com o Fluminense, Palmeiras desiste de negociação por Scarpa

(Foto: Nelson Perez/Divulgação)


O Palmeiras saiu da negociação com o Fluminense por Gustavo Scarpa, que vinha se arrastando desde o início de dezembro.

Apesar de ser considerado complexo, como sempre disse o presidente Maurício Galiotte, um acerto tinha se tornado mais possível na quarta-feira. Nesta quinta, diante de outros entraves, o Palmeiras voltou atrás mais uma vez – agora, segundo apurou o GloboEsporte.com, de maneira definitiva.

A princípio, o negócio seria feito por empréstimo de um ano, com troca de jogadores. Na semana passada, entretanto, o atacante Róger Guedes não se mostrava interessado em trocar o Palmeiras pelo Fluminense, o que provocou o primeiro recuo alviverde.

Depois, convencido pelo Palmeiras, Guedes passou a encarar como positiva a ida ao Rio de Janeiro, onde chegaria com o peso de ser um dos principais jogadores do elenco comandado por Abel Braga. Enquanto isso, Scarpa já avaliava a transferência para a capital paulista com bons olhos.

Nesse cenário, diante do desgaste de Scarpa com a torcida tricolor, o Fluminense continua esperando uma proposta de clubes da Europa – Lazio, da Itália, e Fenerbahçe, da Turquia, são possiblidades, mas ainda não concretas. No Brasil, Corinthians e São Paulo manifestaram interesse na contratação do meia-atacante.

O nome de Gustavo Scarpa sempre agradou ao Palmeiras, tanto que o clube havia tentado a contratação no início de 2017. Para 2018, porém, a negociação era considerada mais como uma "oportunidade de negócio" e não como uma necessidade para o plantel alviverde. O Verdão já contratou o goleiro Weverton, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, o zagueiro Emerson Santos e o meia Lucas Lima.

Globo Esporte