Goleiro de Curaçao morre na concentração em Porto Príncipe antes de partida contra Haiti

(Foto: Reprodução)


Uma tragédia abalou o futebol da América Central e Caribe nesta segunda-feira. O goleiro reserva da seleção de Curaçao, Jarzinho Pieter, de 31 anos, morreu após sofrer um infarto, na concentração da equipe, em um hotel de Porto Príncipe, no Haiti. A equipe caribenha enfrenta, nesta terça-feira, os haitianos pela Liga das Nações da Concacaf.

A confirmação da morte veio por meio do ministro da Juventude, Esportes e Ação Cívica do Haiti, Charles Edwing. Em seu perfil no Twitter, ele postou imagens da ambulância que esteve presente no hotel onde a delegação de Curaçao estava e confirmou que Jarzinho foi vítima de um ataque cardíaco.

O goleiro titular de Curaçao, Eloy Room, que atua pelo Columbus Crew, da Major League Soccer (MLS), nos Estados Unidos, lamentou a morte do companheiro (veja acima). Ele postou um vídeo com todo o elenco em momento de oração puxada por Jarzinho e escreveu:

– Sempre nos nossos corações. Descanse em paz, lenda Pieter!

No Instagram, o perfil oficial da seleção caribenha também manifestou o pesar pelo falecimento de seu jogador e reforçou que a equipe “dedicará sua honra” nesta terça-feira, contra o Haiti. Jarzinho Pieter atuava no Centro Dominguito, equipe de Curaçao, e jogou 11 vezes pelo time nacional.

Globo Esporte

Comentários