Pular para o conteúdo principal

Daniel Dias entra para a Academia Laureus, que reúne lendas do esporte

 (Foto: Getty Images)


Maior atleta paralímpico da história do Brasil, Daniel Dias foi anunciado nesta terça-feira como um dos quatro novos membros da Academia Laureus, grupo seleto de lendas do esporte mundial que anualmente vota para celebrar os melhores do ano no prêmio de mesmo nome.

A esquiadora Lindsey Vonn, a heptatleta Jessica Ennis-Hill e a jogadora de squash Nicol David também foram integradas à Academia, que agora conta com 71 membros.

Daniel Dias, o mais novo representante brasileiro, venceu a categoria Melhor Atleta com Deficiência do Prêmio Laureus em 2009, 2012 e 2016. No currículo acumula 24 medalhas paralímpicas, sendo 14 de ouro, e 31 em Mundiais de Natação. Na Rio 2016, sua última participação, conquistou quatro medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze. Os Jogos de Tóquio marcarão a aposentadoria do nadador.

- Estou super feliz por me tornar um membro da Academia Laureus hoje, embora ainda demore alguns meses antes de poder assumir minhas funções, já que primeiro espero terminar minha carreira de nadador com sucesso nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Tive a sorte de conquistar três prêmios Laureus na minha carreira e posso dizer que são uma honra para qualquer atleta. Estou bastante ansioso para ajudar os jovens no futuro e fazer o meu melhor para mudar o mundo – disse.

As outras três atletas que passam a integrar a Academia junto com Daniel são referências em seus respectivos esportes. A americana Lindsey Vonn é a maior vencedora de Copas do Mundo no esqui alpino feminino, com 82 ouros; a britânica Jessica Ennis-Hill foi campeã olímpica do heptatlo em casa, nos Jogos de Londres 2012; a malaia Nicol David foi número 1 do mundo no squash por um recorde de 108 meses até setembro de 2015.

Globo Esporte

Comentários