Pular para o conteúdo principal

Sorocaba bate o São José e inicia com vitória busca pelo bi da LNF

(Foto: Guilherme Mansueto/Magnus Futsal)


O Sorocaba venceu o São José por 3 a 1, na manhã deste domingo, na Arena Sorocaba, em partida que marcou a estreia das equipes na atual edição da Liga Nacional de Futsal (LNF).

Em um primeiro tempo muito equilibrado, o Sorocaba conseguiu abrir o placar apenas nos minutos finais, em chute de Pedrinho que ainda tocou a trave antes de entrar. Com mais volume de jogo ofensivo, os donos da casa ampliaram logo no início do segundo tempo, com Charuto. Na pressão com goleiro-linha, o São José diminuiu com Joãozinho no minuto final. O balde de água fria veio na sequência, quando Rodrigo converteu tiro livre e garantiu a vitória do Sorocaba: 3 a 1.

A vitória garantiu os três primeiros pontos ao Sorocaba, que fica na vice-liderança do Grupo A atrás do Joaçaba, líder com duas vitórias em dois jogos. O São José fica no bloco de times que ainda não pontuaram na chave.

O Sorocaba entra em quadra novamente pela Liga Nacional de Futsal (LNF) na próxima sexta-feira, às 20h, quando recebe o Santo André, na Arena Sorocaba. O São José volta a jogar apenas no dia 21 de maio, quando enfrenta o Jaraguá, às 19h, em São José dos Campos.

LNF 2021

Com 23 participantes, o campeonato tem regulamento e formato semelhantes ao do ano passado, incluindo protocolos de combate à Covid-19 antes, durante e depois das partidas. Os times foram divididos em três grupos, dois de oito e um de sete equipes. Na primeira fase, todos jogam em turno e returno dentro das chaves.

Na sequência, a competição entra em playoffs até as finais. A previsão é que o campeão seja conhecido na primeira semana de dezembro. As novidades ficam por conta das entradas de Juventude-MS e Marechal-PR. O Dracena - antes Paraíso e Orlândia - passará a jogar em Santo André, em parceria com a equipe do Grande ABC.

Grupo A: Sorocaba, Corinthians, Umuarama, São José, Joaçaba, Santo André e Jaraguá;

Grupo B: Joinville, Carlos Barbosa, Cascavel, Atlântico, Assoeva, Marreco, Blumenau e Juventude;

Grupo C: Tubarão, Pato, Praia Clube, Minas, Campo Mourão, Foz Cataratas, Brasília e Marechal.

A Liga Nacional foi criada em 1996. Com cinco títulos conquistados (2001, 2004, 2006, 2009 e 2015), o Carlos Barbosa é o maior vencedor, seguido pelo Jaraguá, que levantou o caneco quatro vezes (2005, 2007, 2008 e 2010), e da Ulbra-RS, dona de três troféus (1998, 2002 e 2003).

Globo Esporte

Comentários