sexta-feira, 1 de julho de 2016

Integrantes de organizadas tentam invadir sede do Flu e promovem tumulto

(Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)


O treino do Fluminense na manhã desta sexta-feira (1) foi marcado por um tumulto entre integrantes de uma torcida organizada e seguranças. Os torcedores tentaram invadir a sede das Laranjeiras e foram contidos pelo estafe do clube. Houve discussão, ameaças e o clima ficou tenso.

O presidente Peter Siemsen era o principal alvo dos torcedores. Ele foi xingado através de músicas da torcida. Também houve protesto pela campanha instável do Tricolor no Campeonato Brasileiro.

Os integrantes da organizada foram expulsos pelos seguranças do Fluminense após muito bate-boca e empurra-empurra. Segundo o canal Fox Sports, dois deles portavam morteiros. Houve resistência na ação para retirá-los da sede e um dos torcedores chutou por diversas vezes o portão.

A segurança foi reforçada nos acessos das Laranjeiras para que o elenco possa treinar com a tranquilidade necessária para a sequência do Campeonato Brasileiro.

O Fluminense está na 12ª colocação, soma 16 pontos e enfrenta o Coritiba, sábado (2), às 16h, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

UOL Esporte