sexta-feira, 8 de julho de 2016

Juiz espanhol arquiva denúncia da DIS e encerra investigação contra Neymar

(Foto: Getty Images)


O juiz espanhol José de la Mata arquivou nesta sexta-feira o processo aberto contra o atacante Neymar, seu pai, e ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell, entre outros, por um crime de corrupção pela suposta fraude ao fundo brasileiro DIS que administrava os direitos federativos do atacante.

No auto, o juiz da Audiência Nacional considerou que as condutas denunciadas na denúncia interposta pelo fundo DIS, apesar de poderem ter repercussão "esportiva, ética e disciplinar", não se encaixam em um procedimento penal.

De acordo com De la Mata, a contratação de Neymar pelo Barcelona não afetou a livre concorrência entre clubes, como afirmavam tanto os querelantes como o promotor, que no dia 7 junho pediu para denunciar judicialmente Neymar, seu pai, sua mãe e Rosell, pelo crime de corrupção entre particulares e outro de fraude, assim como Odílio Rodrigues, ex-presidente do Santos, entre outros.

ESPN