sábado, 4 de junho de 2016

Andrezinho decide, Vasco volta a vencer e segue na liderança da Série B

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)


Depois de empatar na última rodada e de perder o aproveitamento de 100% na Série B, o Vasco se recuperou neste sábado. Recuperado de uma lesão na coxa esquerda que o afastou das últimas rodadas, o meia Andrezinho saiu do banco de reservas e marcou o gol que decidiu a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás em São Januário. 

O resultado mantém o Vasco na liderança da competição com 16 pontos conquistados após seis rodadas. Já o Goiás chega a cinco jogos sem vencer, permanece estacionado nos cinco pontos e se vê em 15º lugar, próximo da zona de rebaixamento.

Quem foi bem: meias do Vasco
Assim como tem acontecido em todos os jogos do Vasco na Série B, Nenê foi o grande alvo da defesa adversária durante toda a partida. Ele sofreu demais para se livrar da marcação, especialmente no primeiro tempo. Mas isso não o impediu de ser decisivo mais uma vez. Foi dele a assistência para o gol de Andrezinho, que saiu do banco para decidir. Quem também merece elogios por parte do Vasco foi Jorge Henrique, que atuou improvisado na lateral-direita no segundo tempo e ajudou muito a equipe, principalmente oferecendo maior qualidade nos apoios sem se descuidar da marcação.

Quem decepcionou: defesa do Goiás
Durante a maior parte do tempo, o sistema defensivo até que se comportou muito bem, evitando que o Vasco transformasse o maior tempo com a bola nos pés em uma pressão sufocante. Mas a falha veio em um momento crucial: no gol de Andrezinho, permitindo que o meia aparecesse com liberdade dentro da área para concluir com tranquilidade. 

Andrezinho volta e decide
Recuperado de uma lesão na coxa, Andrezinho voltou a ser relacionado pelo técnico Jorginho neste sábado. Começou o jogo no banco de reservas, mas entrou no intervalo, depois de um primeiro tempo muito pouco produtivo do Vasco, e ajudou o time a melhorar o rendimento. Além de tudo isso, ele ainda apareceu na área para marcar o gol do Vasco.

Como foi o jogo do Vasco 
O primeiro tempo não foi nada bom. O Vasco pouco conseguiu produzir com a bola nos pés, sofreu muito para conseguir superar a marcação do Goiás e ainda ofereceu chances de o adversário ameaçar algumas vezes em jogadas aéreas. As coisas melhoraram na segunda metade, depois da entrada de Andrezinho no lugar de Bruno Ferreira. O time conseguiu articular melhor as ações ofensivas, abrindo mais o campo ao usar as laterais com competência. Nada que exigisse grandes defesas do goleiro do outro lado, mas o suficiente para chegar ao gol da vitória. Aos 25 minutos da etapa complementar, Nenê cruzou da direita para Andrezinho, que aproveitou a falha na marcação para tocar para as redes.

Como foi o jogo do Goiás
O time conseguiu se defender bem no primeiro tempo, sem dar muito espaço para as investidas do adversário e aproveitando as chances que apareciam para contra-atacar e ameaçar pelo alto. Chegou até a reclamar de um pênalti aos 35 minutos, quando Thalles caiu na área depois de contato com Willian, mas o árbitro não marcou nada. No segundo tempo, manteve a proposta de se defender. O goleiro Ivan, que substituiu Renan no intervalo, chegou até a tomar um cartão amarelo por atrasar a reposição de bola. Mas não deu certo. O Vasco ficou mais perigoso com a entrada de Andrezinho, e ele mesmo, aproveitando uma falha da defesa do Goiás, marcou o gol da vitória.

O toque de Jorginho no intervalo
 Andrezinho começou o jogo no banco de reservas, mas foi acionado no intervalo, depois de um fraco primeiro tempo da equipe, para o lugar de Bruno Ferreira. A estratégia de Jorginho foi a de fortalecer o meio de campo e colocar Jorge Henrique para exercer a posição de lateral-direito. Deu certo. O time melhorou e chegou à vitória ao longo dos 45 minutos finais. 

Ficha Técnica
VASCO 1 X 0 GOIÁS

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 4 de junho de 2016, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Rogerio Batista do Prado (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Fábio Rogerio Baesteiro (SP)
Cartões amarelos: Ivan, Rossi (Goiás); Thalles (Vasco)
Gol: Andrezinho (Vasco), aos 25 do 2º tempo

VASCO: Jordi; Bruno Ferreira (Andrezinho), Luan, Rodrigo e Julio César; Willian Oliveira, Diguinho, Eder Luis (Caio Monteiro) e Nenê; Jorge Henrique e Thalles (Leandrão)
Técnico: Jorginho

GOIÁS: Renan (Ivan); Anderson Salles, Alex Alves, Wesley Matos e Jefferson; Wendel (Rafhael Lucas), Ramires, Thalles e Léo Sena; Rossi (Higor Leite) e Cléo
Técnico: Enderson Moreira

UOL Esporte