sábado, 11 de junho de 2016

No primeiro jogo sem Fred, Flu empata e impede Grêmio de ser líder

(Foto: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.)


Em movimentado confronto pela sétima rodada, o Fluminense aproveitou as circunstâncias para empatar com o Grêmio por 1 a 1 no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ. No primeiro jogo sem Fred, o Tricolor das Laranjeiras saiu atrás dos gaúchos, que saíram na frente com Marcelo Hermes. Mas Marcos Junior empatou.

O resultado custa posições ao Grêmio na luta pela liderança. Com 14 pontos, fica dois atrás do rival Internacional e volta a campo nesta quartaf-feira para encarar a Chapecoense. Um dia depois o Fluminense, que tem dez pontos, pega o Corinthians tentando quebrar série de três jogos sem vencer.

Quem brilhou: Marcos Junior
Atacante entrou no intervalo no lugar de Maranhão e foi às redes na primeira chance que teve. Aos 29 minutos do segundo tempo, após cruzamento de Scarpa, o atacante bateu bem para empatar. Ele chegou a arranjar confusão nos minutos finais, quando levou um arranhão nas costas em bate-boca com os gremistas.

Quem vacilou: Ramiro
Ainda aos 32 minutos, Ramiro perdeu a cabeça e deixou o time gaúcho com um a menos. Uma suposta falta não marcada em Edílson fez o volante reclamar e gesticular em frente ao árbitro Andre Luiz Freitas de Castro, que imediatamente mostrou o cartão vermelho. Ramiro ainda falou grosso antes de sair de campo e corre risco de entrar na mira do STJD.

Desempenho do Fluminense
Com jogadas mais verticais, o dono da casa esteve próximo do gol desde o início, mas pecou nas finalizações. O erro foi feio no gol do Grêmio, quando Marcelo Hermes entrou na área sozinho para finalizar. Ofensivamente o Flu continuou insistindo e se lançou ao ataque a partir do momento em que ficou com um a mais. Deu certo.

Desempenho do Grêmio
O empate sem gols na primeira meia hora de jogo acabou sendo muito importante porque o Grêmio chegou ao gol minutos depois de perder Ramiro, expulso. Daí em diante o meio-campo gaúcho recuou e deu campo demais para o adversário, por isso foi punido com o empate.

Levir Culpi põe Flu no ataque e acerta
Brilhou a estrela do técnico tricolor no segundo tempo, quando Marcos Junior empatou a partida. O atacante tinha entrado no intervalo, na vaga de Maranhão, o que deu ao Fluminense maior poder de fogo pelo lado esquerdo. A entrada de Magno Alves na vaga de Douglas, pouco antes do gol, jogou o Tricolor das Laranjeiras ainda mais para cima do Grêmio.

Roger 'fecha a casinha', mas não segura 1 a 0
A inferioridade numérica fez o técnico gremista reposicionar seu meio-campo. A formação com Giuliano recuado como volante durou vinte minutos, até que o atacante Bobô saiu para o zagueiro Jaílson entrar. A retranca anunciada continuou mesmo depois do empate sofrido aos 30 do segundo tempo, e o Grêmio ficou sem forças para voltar a atacar.

Polêmica em toque de mão
Na metade do primeiro tempo, um chute longo de Edílson parou no braço direito do zagueiro Henrique, dentro da área do Fluminense. Os gremistas reclamaram muito com o árbitro Andre Luiz Freitas de Castro, que não deu ouvidos e mandou o lance seguir.

Ficha Técnica
Fluminense 1 x 1 Grêmio
Data: 11/06/2016
Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Hora: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz Freitas de Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Eduardo Gonçalves da Cruz (GO)
Cartões Amarelos: Jonathan, Cícero, Gum e Marcos Junior (Fluminense); Maicon e Edílson (Grêmio)
Cartão Vermelho: Ramiro (Grêmio)
Gols: Marcelo Hermes aos 41 minutos do primeiro tempo. Marcos Junior aos 29 minutos do segundo tempo.

Fluminense: Diego Cavalieri; Jonathan, Henrique, Gum e Wellington Silva; Edson, Douglas (Magno Alves), Maranhão (Marcos Junior), Cícero e Gustavo Scarpa; Richarlison. Treinador: Levir Culpi.

Grêmio: Bruno Grassi; Edílson, Pedro Geromel, Wallace e Marcelo Hermes; Maicon, Ramiro, Giuliano e Douglas (Bressan); Everton (Léo Tilica) e Bobô (Jailson). Treinador: Roger Machado.

UOL Esporte