sexta-feira, 24 de junho de 2016

Saída de Guto Ferreira mexe com o mercado de técnicos no Brasil

Guto comandou a Chape pela última fez nessa quinta-feira contra o Atlético PR (Foto: Giba Pace Thomaz)


A Chapecoense está sem treinador. O agora ex-técnico Guto Ferreira acertou sua ida para o Bahia nesta sexta-feira (24). O comandante recebeu uma proposta durante esta semana para treinar o time baiano na série B do Campeonato Brasileiro, e após uma contraproposta de Guto, e aceita pelo tricolor baiano, o comandante se despediu da Chape nesta sexta.

A saída repentina do treinador mexeu com o mercado de técnicos no Brasil. De acordo com reportagem do site Futebol Interior, o Verdão teria nomes como Gilson Kleina (ex-Coritiba) Lisca (ex-Náutico), Emerson Leão (há algum tempo sem clube) e até mesmo o treinador do Botafogo de Ribeirão Preto, Márcio Fernandes, como possíveis especulações para ocupar a vaga.

No caso de Fernandes, o treinador vem realizando um grande trabalho no tricolor do interior paulista. Atualmente a equipe é vice-líder do grupo B, um ponto a menos que o Guarani, e vem de duas goleadas em cima de Portuguesa e Guaratinguetá. Na mesma reportagem, o técnico do Pantera descartou a possibilidade de saída do Botafogo.

Enquanto isso, as duas equipes se preparam para seus respectivos desafios. A Chapecoense joga no domingo contra o Sport e no mesmo dia o Botafogo enfrenta o Juventude em casa.