quarta-feira, 27 de junho de 2018

Suécia vence o México, e derrota alemã classifica os dois para as oitavas de final

(Foto: REUTERS/Darren Staples)


Depois de apresentar um ótimo futebol nas duas primeiras rodadas, o México se viu envolvido nesta quarta-feira pela Suécia, que desde o princípio foi à frente para vencer o jogo. O esforço sueco foi premiado com três gols no segundo tempo - Augustinsson, Granqvist e Álvarez (contra) marcaram -, que garantiram a vitória por 3 a 0 e a classificação para as oitavas de final em primeiro do Grupo F. Mas, o drama mexicano se transformou em alívio. Com a derrota da Alemanha para a Coreia do Sul, os latinos avançaram em segundo lugar.

Apesar de ter tido menos a posse de bola no jogo (65% a 35%), a Suécia foi mais perigosa em todo o jogo. No primeiro tempo, a seleção de Janne Andersson obrigou Ochoa a fazer grandes defesas e rondou a área adversária em muitos momentos, aproveitando a velocidade pelos lados e jogadas aéreas. Depois do empate em 0 a 0 no primeiro tempo, a equipe sueca foi recompensada no segundo tempo, abrindo o placar logo aos 4 minutos. O desespero tomou conta dos mexicanos, que não partiram para o ataque e deixaram muitos espaços, tomando mais dois gols.

Depois da derrota por 3 a 0, mesmo desolados, os jogadores mexicanos se reuniram no centro do campo para torcerem contra a Alemanha. Naquele momento, a Coreia do Sul tinha acabado de fazer 1 a 0 e ainda fez o segundo para eliminar os alemães e garantir o México nas oitavas de final.

Se passar em primeiro lugar, o Brasil enfrenta o México, segundo colocado, na segunda-feira, às 11h (de Brasília). Se ficar em segundo, o time brasileiro encara a Suécia na terça, também às 11.

Logo aos 13 segundos de jogo, Gallardo recebeu o cartão amarelo, se tornando o mais rápido da história das Copas do Mundo a ser advertido.

Globo Esporte