terça-feira, 5 de junho de 2018

Uefa divulga que pagará R$ 9 bilhões em premiação aos times da Champions

(Foto: LLUIS GENE/AFP/Getty Images)


A Uefa divulgou nesta terça-feira os valores que serão distribuídos para as equipes que disputarão a próxima Liga dos Campeões. Ao todo, serão 2,04 bilhões de euros (cerca de R$ 9 bilhões). O Real Madrid, campeão das últimas três edições do torneio, receberá 51,11 milhões de euros (R$ 226,6 milhões) apenas por participar da Fase de Grupos.

O modelo de distribuição das quantias é motivo de muitas críticas. Para o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, eleito em 2016, pouco depois da aprovação deste sistema, o desequilíbrio financeiro entre os clubes europeus é o maior problema do futebol da Europa. Entretanto, ele admite que isso não pode ser alterado do dia para a noite.

Para a Fase de Grupo da próxima edição, todos os times receberão um mesmo valor fixo, além bônus por cada vitória, cotas de televisão e adicional relativo a resultados anteriores (baseado pelo ranking de clubes). Essa última é a questão mais contestada, já que beneficia os maiores clubes.

Entenda a distribuição

A Uefa diz que separou aproximadamente 585 milhões de euros (cerca de R$ 2,5 bi) para ser distribuído de acordo com a classificação do ranking. Esse valor será dividido em cotas de 1,108 milhões de euros (R$ 4,917 milhões). De todos os 32 times da Fase de Grupo, o com classificação mais baixa recebe uma cota. O penúltimo recebe duas cotas e assim por diante até o líder Real Madrid, que será beneficiado com a quantia de € 35,460 milhões (R$ 157.250).

O valor fixo distribuído para cada equipe é de 15,6 milhões de euros (R$ 69,1 milhões). Sendo assim, apenas para iniciar o torneio, o time da capital espanhola, atual tricampeão da competição, vai receber € 51,11 milhões (R$ 226,6 milhões).

Cada vitória na Champions terá um valor milionário. Vencer significa receber mais 2,7 milhões de euros (R$ 11,9 milhões) por resultado. O empate vale menos: “apenas” 900 mil euros (R$ 3,9 milhões). Avançar nas fases de mata-mata garante um extra de € 9,5 milhões (R$ 42,1 milhões) por fase. Cada finalista ainda recebe 15 milhões de euros (R$ 66,5 milhões).

A Uefa estima gastar 3,25 bilhões de euros (aproximadamente R$ 14,44 bilhões) com premiações na Liga dos Campeões e na Liga Europa. A final da próxima Champions será disputada no novo estádio do Atlético de Madrid, o Metropolitano. Já a Europa League terá a decisão no Estádio Olímpico de Baku, no Azerbaijão.

Globo Esporte