sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Jogador pede desculpas após confusão que eliminou Paulista da Copa São Paulo

(Foto: Reprodução)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


O jogador Heltton Matheus, atleta do Paulista de Jundiaí que ficou responsável pela eliminação do Paulista da Copa São Paulo de Futebol Júnior, utilizou as redes sociais para se desculpar com o episódio onde ele ficou conhecido como “gato”.


Utilizando identidade falsa, onde supostamente mentiu sobre sua idade, Heltton foi descoberto pela comissão técnica de um clube do Rio de Janeiro, que avisou sobre o Batatais-SP da possível falsificação de documentos do atleta, que atuou na goelada do Galo por 5 a 1 em cima do Fantasma, na semifinal da competição. O caso foi julgado e comprovado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), que eliminou o Paulista da decisão da Copinha.

Em seu perfil no Facebook, o jogador fez uma declaração se desculpando com a equipe de Jundiaí e declarou que não é criminoso pelo fato.

"Queria pedir perdão ao clube Paulista de Jundiaí, aos meus amigos que entristeci, ao professor Umberto Lourenço e toda comissão. Eu não queria magoar ninguém, só queria realizar um sonho de ser um jogador e de chegar com um caminhão de brinquedos e medicamentos para essas crianças da minha cidade. Eu sei que fiz tudo errado, mas foi tentando acertar. E ao povo de Jundiaí, eu queria dizer que suei muito aquela camisa para que todo fim de partida terminasse com seus sorrisos, doei de verdade. Mas acabei trazendo choro. Me perdoem, espero um dia recompensar todo mal que eu causei a cada um de vocês. Eu não fiz por mal, eu não sou criminoso, só queria ser uma pessoa melhor", escreveu.

No entanto, a situação de Heltton deve mudar. Em entrevista para o UOL Esporte, o ex-jogador Vampeta, presidente do Audax-SP, disse que o jogador assinará contrato com a equipe para disputar o Campeonato Paulista. A reunião ocorreu nessa quinta-feira (26).

"Deu tudo certo ontem. Eu estou com ele aqui no carro. Agora, o clube vai dar o contrato pra ele e o garoto vai começar a carreira dele, o clube tem tudo no que diz respeito às questões jurídicas. Se precisar fazer a defesa dele, o departamento jurídico vai fazer, então é tudo do Audax, tanto na área criminal como na esportiva, o clube vai apoiá-lo", disse Vampeta.

O jogador irá morar em Osasco e terá toda assistência no Audax. Segundo Vampeta, Heltton precisará se dedicar aos treinos e aos jogos para conseguir reverter a situação para a própria torcida do Audax e também para o futebol brasileiro.