terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Sete times são suspensos pela CBF por dívidas com STJD

(Foto: Estadão)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu suspender nesta terça-feira (3) sete equipes por dívidas antigas com o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Os débitos são referentes a multas recebidas em julgamentos disciplinares.

As equipes suspensas foram o Gama-DF, Asa de Arapiraca-AL, Comercial-MS, Guaratinguetá-SP, Joinville-SC, Parnahyba-PI e Pinheirense-PA. Com isso, os clubes ficam impedidos de inscrever jogadores e de disputar competições pelo não pagamento das dívidas adquiridas em 2016.

De acordo com a nota do STJD publicada em dezembro, cerca de 80 clubes foram comunicados de dívidas ativas de 2016 com o tribunal. Algumas dessas dívidas atingem equipes da série A do Brasileiro, mas elas não foram reveladas. O expediente do tribunal está em recesso e retorna no dia 22 de janeiro, mas todos os prazos se esgotaram ainda no ano passado. As equipes estão suspensas até quitarem seus débitos.

Os valores foram divulgados pela Rádio Itatiaia e giram em torno de R$ 500 a R$ 4,5 mil. Dentre as equipes, apenas o Gama e o Pinheirense estão sem divisão nacional.

Segundo o presidente do Gama, Weber Magalhães, eleito em novembro de 2016, ele foi notificado pela suspensão no mês passado e diz que todos os débitos foram pagos pela diretoria anterior, mas o departamento de contabilidade ainda não levantou os comprovantes. As outras equipes ainda não se pronunciaram sobre a suspensão.