Cuca evita bancar permanência no Santos em 2019 e faz contas por Libertadores

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)


Cuca evitou confirmar a permanência do Santos em 2019. O técnico se reuniu com o presidente José Carlos Peres, o gerente de futebol Sergio Dimas e o executivo de futebol e volante Renato na última quinta-feira, como informou o "Lance", para planejar a reta final desta temporada.

Desde que voltou ao Santos, há pouco mais de três meses, Cuca já teve uma série de desentendimentos com Peres. O encontro de ontem foi em "clima de paz", onde o mandatário reforçou o desejo de contar com o treinador no ano que vem.

– Mais do que tudo planificamos 2018. Não podemos pensar em 2019 sem saber o que disputaremos. Está sendo pensado o futuro, mas o mais importante é o presente – disse Cuca, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

– Primeira coisa foi mais do que trazer, o importante é a permanência (de atletas). Tão ou mais importante do que tudo nesse momento. É buscar a vaga, não adianta falar de trazer fulano e esquecer nosso momento. Planificamos mais do que tudo o término desse ano – completou o técnico do Santos.

Cuca não deseja falar sobre 2019 e promete foco total nas seis finais que o Santos tem pela frente no Campeonato Barsileiro. O principal objetivo do clube é garantir uma vaga na Libertadores. Sétimo colocado, Peixe tem 46 pontos, mesma quantidade do Atlético-MG, o último do G-6.

– Baseado em números antigos e ver com quantos pontos acabou o sexto, teremos ideia. Geralmente com 56 ou 57. E com os adversários no cálculo do que farão, teremos mais ideia. Se fizermos 11 dos 18, acabamos em sexto. De 46 para 57, ficamos em sexto – afirmou.

O Santos enfrenta a Chapecoense, na segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Pacaembu, pela 33ª rodada do Brasileirão.

Globo Esporte