Gabriel Jesus marca três vezes, City aniquila o Shakhtar e deixa vaga nas oitavas muito bem encaminhada

(Foto: Reprodução)


O Shakhtar Donetsk não viu a cor da bola nesta quarta-feira, e isso não é nenhum exagero. A equipe ucraniana deu trabalho a Ederson uma única vez na partida - quando Rakytskyi cobrou falta com perigo no segundo tempo. Não fosse isso, o goleiro sairia do Etihad Stadium com o uniforme limpo. Com um domínio acachapante e posse de bola de 60% (até pouco para a equipe de Guardiola), o Manchester City passou o carro e praticamente garantiu sua vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Destaque para os três gols que Gabriel Jesus, que levou até a bola para casa; e Sterling, autor de dois gols e um dos melhores em campo.

Gabriel Jesus não marcava um gol pelo Manchester City desde o dia 25 de setembro - ou seja, há mais de um mês -, quando deixou o seu na vitória sobre o Oxford United, pela Copa da Liga Inglesa. Estava bastante incomodado, portanto. Quando Sterling sofreu o pênalti (inexistente, já que o zagueiro sequer o tocou), ele foi para a bola, cobrou bem e fez o gesto de espantar o jejum. No segundo tempo, fez mais um com outro pênalti; e nos acréscimos, mostrou extrema categoria finalizando de cobertura para fechar a goleada do City. Em suma, não fez lá uma grande partida - chegou até a perder um gol na cara do goleiro na primeira etapa. Mas fez os gols, afinal é o que importa para um atacante.

Com todo respeito a Gabriel Jesus, mas o gol mais bonito da partida foi deste rapaz aí. Sterling, que vive uma fase espetacular no Manchester City, recebeu na intermediária aos três minutos do segundo tempo, passou no meio de dois marcadores e deu um tapa no ângulo do goleiro Pyatov. Assim como David Silva, o atacante inglês foi um dos melhores jogadores na partida - embora tenha cavado um pênalti absurdo na primeira etapa.

O Manchester City ainda não está matematicamente garantido nas oitavas de final, mas só não fica com uma das vagas do Grupo F por um milagre. Com a vitória, a terceira em quatro jogos, o City chegou aos nove pontos e se isolou ainda mais na ponta - isso porque Lyon e Hoffenheim empataram em 2 a 2. Os franceses, vice-líderes, têm seis; os alemães, em terceiro têm três; e os ucranianos, lanternas, têm dois. Confira a classificação completa da Champions clicando aqui.

As duas equipes voltam a campo pela Liga dos Campeões no dia 27 de novembro, uma terça-feira. O Manchester City visita o Lyon fora de casa, enquanto o Shakhtar Donetsk enfrenta o Hoffenheim na Alemanha. Ambos os jogos estão marcados para 18h (de Brasília).

O próximo compromisso do Manchester City na temporada é no domingo, no clássico contra o Manchester United, às 14h30 (de Brasília), novamente no Etihad Stadium, pela Premier League. O Shakhtar Donetsk também joga no domingo pelo Campeonato Ucraniano: pega o Vorskla, às 15h30, fora de casa.

Globo Esporte