Olimpíadas: Japão se prepara para vacinar atletas contra covid-19

 (Foto: Valentyn Ogirenko / Reuters)


Assim como o Brasil, o Japão vai aceitar as doações do Comitê Olímpico Internacional (COI) e se prepara para vacinar seus atletas contra a covid-19 antes das Olimpíadas e das Paralimpíadas de Tóquio. Segundo informações do jornal "The Japan Times", cerca de 2.500 atletas vão receber doses do imunizante da Pfizer.

O Comitê Olímpico do Japão e o Comitê Paralímpico do Japão estão montando junto com as confederações esportivas do país a lista de atletas que querem ser vacinados contra o coronavírus. Muitos estão relutantes em receber o imunizante antes da população em geral.

- A decisão é individual. Ainda assim, é importante que cada atleta pense que o impacto vai além de si mesmo - disse Junichi Kawai, presidente da Associação Paralímpica do Japão.

Na semana passada, o COI anunciou que vai doar vacinas da Pfizer para todos os credenciados nos Jogos de Tóquio. Os países que aceitarem a doação ainda vão ter a contrapartida de receberem mais duas doses de vacinas para cada atleta imunizado, contemplando assim a população em geral. O Brasil está entre os países que aceitaram a oferta. A vacinação de atletas começa nesta quarta-feira no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Fortaleza.

O ritmo de vacinação no Japão é lento. Apenas 2,6% da população está imunizada - no Brasil, 17,24% da população recebeu a primeira dose e 8,68%, a segunda. Por isso, a maioria dos japoneses se posicionou contra os atletas serem colocados como prioridade.

Globo Esporte

Comentários