domingo, 30 de abril de 2017

Com direito a gesto obsceno, Vettel reclama de Massa, que ironiza: "Jura?"

(Foto: Getty Images)


Era a última volta do GP da Rússia. Felipe Massa seguia em nono quando o líder da prova, Valtteri Bottas, e o vice-líder, Sebastian Vettel, surgiram velozes atrás do brasileiro, retardatário a essa altura. Com as bandeiras azuis em ação, o finlandês conseguiu passar o ex-companheiro sem maiores problemas e disparar na frente. O alemão da Ferrari, contudo, não teve a mesma sorte e ficou preso atrás de Felipe, perdendo um tempo precioso na briga pela vitória. Quando finalmente conseguiu superar a Williams, o tetracampeão usou o rádio para reclamar do rival, além de mostrar o dedo do meio. Ao saber da atitude de Sebastian, Massa ironizou o piloto.

- Jura? Não, o Vettel reclamando pelo rádio? Mas ele nunca reclama pelo rádio. Tem certeza? Eu deixei toda a parte de dentro para ele. Antes, na curva quatro, eu tirei o pé e ele não quis ir. E aí quando eu vi que ele estava com receio de mergulhar por dentro, eu me afastei e fui o máximo que podia para a esquerda e deixei ele passar imediatamente. De qualquer forma, eu tenho certeza de que ele não passaria o Valtteri na última volta. Mas reclamar é uma coisa que ele gosta muito.

O alemão não comentou exatamente a atitude, mas explicou o que aconteceu na disputa, e a impressão que teve de que Massa abriria a porta para ele antes do imaginado.

- Óbvio que eu tentei de tudo para pegar o Valtteri e achei que poderia ter alguma chance na reta oposta. Eu achei que ele tiraria o pé na curva três e me deixou passar para eu não perder muito tempo, mas eu não tinha certeza do que ele estava fazendo. Acabei perdendo mais tempo do que esperava - afirma.

O alemão também comentou o resultado da prova, dando todos os méritos para o trabalho executado por Bottas durtante o fim de semana do GP da Rússia.

- O homem do dia é Valtteri hoje. Parabéns a ele. Tentamos de tudo, mas obviamente perdemos a corrida na largada. Larguei bem, mas não bem o bastante. Talvez nossas largadas tenham sido parecidas, mas Valtteri pegou nosso vácuo. Na freada da primeira curva ele já estava à frente, já tinha me trancado a porta, então parabéns a ele. Ele fez um grande primeiro stint e não consegui segui-lo. Foi rápido, e, como disse, o cara da prova.

Massa, que ocupava o sexto lugar, teve um pneu furado ao fim da prova e foi obrigado a fazer uma segunda parada nos boxes, perdendo diversas posições e caindo para a nona colocação.

- Estou desapontado. Tivemos azar com os pneus. Eu estava tomando conta do carro e dos pneus, mantendo as distâncias e chegaríamos em sexto lugar tranquilamente hoje. Dói perder bons pontos e não podermos fazer nada a respeito. O carro estava bom, consistente e com um bom ritmo. Eu tive uma boa largada e boa primeira volta. Mas estou feliz por Valtteri. Quando assinou com a Mercedes, sabia que faria um excelente trabalho por lá. Ele será um piloto diferente a partir de agora, com essa primeira vitória.

Vettel terminou em segundo, mas permanece o líder do campeonato 2017, com 86 pontos, contra 73 do vice-líder Lewis Hamilton. Valtteri Bottas, o vencedor do GP da Rússia, foi a 63 pontos e ocupa a terceira posição.

Globo Esporte