terça-feira, 11 de abril de 2017

Zagueiro do Dortmund passa por cirurgia após explosão em ônibus

(Foto: Reuters)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


O zagueiro espanhol Marc Bartra, que se feriu após uma explosão atingir o ônibus do Borussia Dortmund na Alemanha, precisou passar por uma cirurgia para retirar estilhaços de vidro que cortaram seu pulso. A partida contra o Monaco, válida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, foi adiada para esta quarta-feira (12) no mesmo horário.

Segundo o goleiro Romando Bürki, que concedeu entrevista ao jornal suíço Blick, a explosão aconteceu após o ônibus virar em uma rua principal próxima ao Estádio Westfalenstadion e presenciou o momento que um dos vidros do ônibus estourou e atingiu Bartra. Alguns atletas ainda se abaixaram e outros se jogaram no chão por causa do barulho.

Jogadores ficaram apreensivos com o ocorrido (Foto: AP Photo/Martin Meissner)

A polícia local soltou um comunicado informando sobre a explosão, mas até o momento não foram divulgados suspeitos do caso. Anteriormente, Bartra teve seu nome divulgado no incidente com ferimentos leves, no entanto ao chegar no hospital, seu quadro foi considerado mais sério e precisou passar por cirurgia.

Fatos do caso

A explosão aconteceu a 13 km do local do jogo, em uma região residencial e próximo ao Hotel L’Arrivée. O ônibus partiu para o local do jogo por volta das 19h (horário local) e ao fazer a curva três explosões atingiram a parte de trás do veículo, danificando duas janelas. O motorista parou metros depois, enquanto jogadores e comissão técnica se abaixaram assustados. A polícia logo chegou ao local e uma equipe se dirigiu ao estádio para reforçar a segurança. 

Em seguida, um comunicado informou o adiamento da partida. Torcedores que estavam no estádio foram informados do ocorrido em seguida guiados em segurança pelos policiais para saírem com calma do estádio alemão.

Após serem informados do ocorrido, os jogadores do Monaco ficaram apreensivos com o caso e esperaram notícias dos companheiros do Borussia dentro do Westfalenstadion. O lateral Fabinho emitiu um comunicado falando sobre o momento que soube da notícia.

“Estamos no vestiário e fomos avisados que o jogo foi adiado. Vamos esperar o torcedor sair e vamos treinar aqui no estádio”, informou por meio de sua assessoria de imprensa. Ainda segundo o atleta, todos mantiveram a calma dentro do estádio.

Dortmund acolhe franceses

Pouco tempos depois do anúncio oficial do adiamento do jogo, o perfil no Twitter do Borussia divulgou a hashtag #bedforawayfans (cama para torcedores visitantes), criando um movimento para que moradores de Dortmund acomodassem os franceses que estão na cidade para a partida. A hashtag também foi utilizada pelos fãs do Mônaco que procuravam um lugar para ficar.



Em alguns perfis da rede social é possível acompanhar alguns torcedores postando fotos de suas acomodações e do acolhimento dos moradores locais. A partida foi confirmada para esta quarta-feira.


Monaco canta para Dortmund

Enquanto as informações do incidente ainda eram desencontradas, torcedores do Monaco cantaram no estádio em homenagem ao adversário.