domingo, 22 de maio de 2016

Cássio no banco: comando corintiano deixa mensagem a jogadores em má fase

(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)


Tite mudou três jogadores do time titular do Corinthians para tentar vencer após um mês marcado por quatro empates e duas eliminações. A eficácia dessas alterações será colocada à prova neste domingo, diante do Vitória, no Barradão. O fato é que a semana de trabalhos foi marcada por situações incomuns. 

Cássio, entre os jogadores mais vitoriosos da história corintiana, foi barrado pela primeira vez em quatro anos para dar lugar ao reserva Walter, sempre uma opção segura. A decisão de colocar o goleiro titular no banco de reservas surpreendeu, mas deixou uma mensagem por parte do comando técnico: o nível da equipe precisa evoluir. 

Entre os principais destaques do ano passado, Cássio vive uma temporada de altos e baixos depois de atender a um pedido do clube e recusar oferta do Besiktas-TUR. Nas partidas cruciais contra Audax e Nacional-URU, levou gols que um goleiro de seu quilate normalmente não sofre. Dunga, atento ao desempenho irregular pelo Corinthians, passou a chamar outros goleiros.

Com Walter, um reserva cobiçado por grandes clubes do Brasil, inclusive pelo Flamengo, o time corintiano ganha um goleiro hábil com a bola nos pés e que dará mais opções para uma saída mais limpa desde a defesa. Na abertura do Brasileirão, com ele no gol por conta de problemas familiares de Cássio, o Grêmio sofreu e não conseguiu sair do zero. A atuação encorajou Tite e o preparador de goleiros a promover a troca.  

Em semana marcada pelo acesso dado a quatro membros da Gaviões da Fiel para uma reunião com jogadores, Tite ainda alterou a mecânica ofensiva do Corinthians. Rodriguinho e Romero perderam seus lugares no time, que passa a ter um novo funcionamento.

Giovanni Augusto retorna, agora pelo lado esquerdo, e o time corintiano passa a ter dois jogadores de criação pelas beiradas. Já Guilherme entra no meio, com um pouco mais de liberdade para se aproximar de André. Será a última partida de Elias e Balbuena antes de embarcarem à Copa América, o que obrigará Tite a fazer mais trocas na próxima semana. 

Antes disso, há uma certeza no Corinthians. Vencer fora de casa, no Barradão, com um ícone do clube no banco de reservas, é uma necessidade para recuperar a estabilidade que marca a terceira passagem de Tite pelo Parque São Jorge. 

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA x CORINTHIANS

Data e horário: domingo, 16h (horário de Brasília)
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Arbitragem: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC-Fifa) e Bruno Boschilia (PR-Fifa)
Transmissão na TV: Premiere

VITÓRIA: Fernando Gabriel; José Welison, Ramon, Victor Ramos e Diego Renan; Amaral e Marcelo; Marinho (Tiago Real), Leandro Domingues e Vander (Alípio); Kieza. 
Treinador: Vagner Mancini

CORINTHIANS:
Walter; Fagner, Felipe, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Elias, Guilherme e Giovanni Augusto; André. 
Treinador: Tite

UOL Esporte