domingo, 1 de maio de 2016

Mané dá show, City leva 4 do Southampton e vê vaga na Champions League ameaçada

(Foto: Getty Images)


Três dias antes de encarar o Real Madrid por um lugar na final da Uefa Champions League, o Manchester City visitou o Southampton pelo Campeonato Inglês com um time reserva e se deu mal. A equipe foi superada por 4 a 2 no St. Mary's Stadium em duelo válido pela 36ª rodada.

Os grandes nomes da partida foram Sadio Mané e Dusan Tadic, com três gols e três assistências, respectivamente; Shane Long também deixou sua marca. Do lado dos visitantes, Iheanacho foi às redes duas vezes.

Com o resultado, o quarto colocado City estacionou nos 64 pontos e viu o Manchester United (60) e West Ham (59), se aproximarem após terem empatado com Leicester e vencido o West Bromwich, respectivamente. Porém, os seus dois adversários na briga pela última vaga na Champions têm um jogo a menos. O Arsenal, em terceiro, soma 67 pontos depois do triunfo diante do Norwich.

Já o Southampton vai a 57 pontos e pula do oitavo para o sétimo lugar, já que o Liverpool caiu para o Swansea e ficou nos 55 pontos. Foi o quarto jogo sem derrota do time comandado por Ronald Koeman (três triunfos e um empate).

Pela próxima rodada do Campeonato Inglês, o Southampton visitará o Tottenham no White Hart Lane, no domingo, às 9h30 (de Brasília). No mesmo dia, o Manchester City receberá o Arsenal no Etihad Stadium, às 12h.

DEIXA COM O MANÉ

Para a partida, o técnico Manuel Pellegrini resolveu poupar a maior parte de seus titulares e mudou oito peças em relação à formação que empatou sem gols em casa com o Real Madrid na terça-feira pela ida da semifinal da Champions. Só Hart, Otamendi e Fernandinho seguiram na escalação.

Os mandantes se aproveitaram da situação para construírem uma vitória contundente. Aos 25 minutos, Tadic foi lançado e, antes que a bola saísse pela linha de fundo, tocou para o meio da área, de onde Long mandou à rede. Três minutos depois, Tadic serviu Mané, que recebeu nas costas da zaga e mandou para o fundo do alvo.

Antes do intervalo, os citizens até descontaram com Iheanacho. Aos 44, Nasri cruzou rasteiro, Wanyama cortou mal, e Iheanacho concluiu de cabeça para descontar. Porém, a reação seria frustrada na etapa final por conta de Mané.

Aos 12, o atacante senegalense aproveitou rebote depois de boa defesa de Hart e cabeceou para a rede. O triunfo virou goleada aos 23, quando Mané recebeu passe de Tadic em um contra-ataque e só tirou de Hart. Iheanacho ainda descontaria com um belo gol dez minutos mais tarde ao acertar chute fora da área, mas não seria o suficiente para impedir a vitória dos mandantes.

ESPN