Com salário atrasado dois meses, Botafogo enfrenta pior momento financeiro e tenta contornar crise

(Foto: Fred Gomes)


O dia 5 de outubro terminou sem o dinheiro entrar na conta dos jogadores, e o Botafogo completou dois meses de salários atrasados na última sexta-feira: referentes a agosto e setembro. Para piorar o cenário, com a eliminação durante a semana para o Bahia nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, o clube deixou de faturar U$ 450 mil (1,7 milhão), valor que poderia quitar metade de sua folha mensal de pagamento, que gira em torno de R$ 3,5 milhões.

Sem conseguir vender ninguém nas janelas internacionais que fecharam em setembro, como previa no orçamento para 2018, o Botafogo vive seu momento financeiro mais delicado da temporada. O próximo pagamento da "Caixa Econômica Federal" pelo patrocínio master do uniforme será só em novembro, e até lá o clube estuda operações para pagar os jogadores antes de completar o terceiro mês de atraso, que permite rescisão de contrato na Justiça.

Diante de todas as dificuldades, a diretoria procura jogar limpo com os jogadores e evita dar prazos. Questionado se havia alguma promessa sobre pagamentos em entrevista coletiva na sexta-feira, Gatito Fernández revelou que Carli é que tem representado o elenco nas conversas com os dirigentes. Com o time brigando para escapar do rebaixamento no Brasileiro, há também a preocupação para não deixar o rendimento em campo cair na reta final do campeonato.

– Tem uma conversa com o nosso capitão. Passaram que sim, que isso vai ser ajustado – disse Gatito.

Os funcionários do clube também estão em atraso, mas já receberam parte de agosto. A diretoria chegou a pegar R$ 8 milhões emprestados no Banco Daycoval, mas o dinheiro já foi usado para pagar as prestações vencidas do Profut e poder tirar a Certidão Negativa de Débito (CND). Assim como a primeira parcela da "Caixa", para cobrir os vencimentos de julho. O Botafogo ainda tem a receber da Conembol a premiação de U$ 375 mil (1,4 milhão) por ter jogado as oitavas de final da Sul-Americana.

Globo Esporte