sábado, 15 de setembro de 2018

Com choro de Benneteau, França dá show, vence e avança às finais da Copa Davis

(Foto: Reuters)


Sem Rafael Nadal, lesionado no joelho, a Espanha se despediu neste sábado da Copa Davis. Com o resultado, a França avança às finais do torneio por países. A classificação francesa, aliás, foi em grande estilo: 3x0 - melhor de cinco confrontos. Após duas derrotas nos embates simples, a eliminação se concretizou no segundo dia de confrontos, com derrota nas duplas. Julien Benneteau e Nicolas Mahut venceram Marcel Granollers e Feliciano Lopez em 3 sets a 0, parciais 6/0, 6/4 e 7/6 (7). Na grande decisão, os franceses enfrentarão os vencedores do confronto entre Estados Unidos e Croácia, que também duelaram neste sábado.

Pressionados pela necessidade do resultado, os espanhóis sofreram especialmente no início do jogo. No primeiro set, Benneteau e Mahut aplicaram um pneu na dupla Granollers/Lopez. A segunda parcial foi mais equilibrada, porém com nova superioridade francesa: 6 games a 4. No terceiro e último set, a força da torcida espanhola nas arquibancadas fez Marcel Granollers e Feliciano Lopez crescerem de rendimento. A dupla chegou a abrir um game de vantagem, mas foi quebrada em seguida. Com tudo igual, o set foi decidido no tie-break. Na terceira chance de match-point, os franceses fecharam o confronto em 9/7.

Anfitriã da Copa Davis, a França acumula dez títulos no torneio, contra cinco da Espanha. Essa edição do campeonato é especial para um tenista: Julien Benneteau. Aos 36 anos, ele já garantiu que essa é sua última temporada como atleta profissional. Será que Benneteau se aposenta em grande estilo, campeão da Copa da Davis?

Adversário indefinido

Na grande decisão, os franceses enfrentarão os vencedores do confronto entre Estados Unidos e Croácia. Também neste sábado, os norte-americanos descontaram a desvantagem diante dos adversários europeus. Mike Bryan e Jack Sock, campeões de Wimbledon e do US Open, venceram Ivan Dodig e Mate Pavic em 3 sets a 2, parciais 7/5, 7/6 (6), 6/1, 6/7 (5) e 7/6 (5). Com o resultado, a Croácia vence o confronto melhor de cinco jogos por 2x1. No primeiro dia de duelos, os croatas Borna Coric (18º) e Marin Cilic (7º) levaram a melhor nos seus confrontos.

Globo Esporte