domingo, 23 de setembro de 2018

Palmeiras vence o Sport na Ilha do Retiro e assume a vice-liderança do Brasileirão

(Foto: Rafael Melo / Estadão Conteúdo)


Vivo na Copa do Brasil e na Taça Libertadores, o Palmeiras está também ainda mais forte na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Invicto com Felipão no torneio, o "Verdão B" venceu o Sport por 1 a 0, neste domingo à noite, na Ilha do Retiro, e assumiu a vice-liderança. Willian marcou e complicou o Leão na zona do rebaixamento.

Com a vitória, o Palmeiras tem agora 50 pontos, apenas um abaixo do líder São Paulo – os clubes se enfrentam daqui duas rodadas (em 6 de outubro), no Morumbi. A arrancada confirma a evolução da equipe desde a chegada de Luiz Felipe Scolari. São sete vitórias e três empates com o treinador. 

O Sport permanece na penúltima colocação, com 24 pontos. São quatro abaixo da Chapecoense, primeira equipe fora da zona do rebaixamento, mas que ainda recebe o Fluminense, no complemento da rodada nesta segunda-feira, em Santa Catarina. O Leão não vence há quatro partidas no Brasileirão – três derrotas e um empate.

Sport e Palmeiras fizeram um primeiro tempo de poucas chances. O Verdão teve um início um pouco melhor e desperdiçou boa chance com Deyverson livre na área. Magrão defendeu. O Leão sofreu para passar pela boa marcação e só chegou ao ataque quando conseguiu acelerar a troca de passes. Mesmo assim, não teve força para sufocar o adversário.

O Palmeiras perdeu duas chances incríveis no início da etapa final que poderiam ter resolvido a partida. Ambas em bobeadas da defesa do Sport. Cara a cara, Guerra chutou em cima de Magrão. Pouco depois, Deyverson conseguiu driblar o goleiro, mas, com o gol vazio, chutou para fora. O Leão só acordou depois dos 20 minutos. Neto Moura, em chute de longe, parou em ótima defesa de Jailson. Em seguida, foi a vez de Ernando mandar para fora de dentro da área. O Palmeiras chegou ao gol 35. Magrão fez milagre em cabeceio de Gómez, mas Willian pegou o rebote e abriu o placar. No desespero, o Sport foi para cima, porém, não teve qualidade para superar a força defesa alviverde.

Lucas Lima precisou deixar o gramado aos 28 minutos do primeiro tempo. O meio-campista ficou caído no gramado após uma trombada com o volante Marcão Silva e não se recuperou. Ele deu lugar a Guerra, que não atuava desde 26 de maio, também contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro.

O Sport não conseguiu cumprir a promessa do técnico Eduardo Baptista de vencer o Palmeiras. Em entrevista coletiva na semana passada, com um discurso motivador após a derrota para o Corinthians, o treinador disse que seu time venceria o Verdão. Mas, dentro de campo, o Leão cometeu muitos erros e criou poucas chances para vencer.

Globo Esporte