sábado, 29 de setembro de 2018

Petrúcio faz ótima marca e leva o ouro no Primeiro Campeonato Brasileiro de Atletismo, em SP

(Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX)


A manhã do segundo dia de provas do primeiro Campeonato Brasileiro de Atletismo marcou a competição com a participação de grandes nomes do atletismo paralímpico nacional. As provas foram transmitidas ao vivo pelo canal SporTV 3 em todo o país. A competição prossegue na tarde de sábado e se encerra no final da manhã deste domingo, 30, com 522 atletas, de 23 Estados mais o Distrito Federal.

O Campeonato Brasileiro de Atletismo é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. Esta é a terceira e última etapa do ano. O mais importante evento paralímpico nacional de atletismo irá, além de declarar os campeões brasileiros de suas classes, distribuir mais de R$65 mil em premiação entre atletas, treinadores e clubes.

O paraibano Petrúcio Ferreira, ouro nos 100m na classe T47 (amputados de membros superiores) venceu a prova com a marca de 10s56. Este foi o segundo melhor tempo na carreira do atleta para esta distância. Sua performance mais marcante veio em junho deste ano com o recorde mundial, onde alcançou a marca de 10s50 no Grand Prix de atletismo do IPC (Comitê Paralímpico Internacional, em inglês) cidade de Paris, França.

- Eu fico feliz pela competição, que dá destaque para novos atletas de provas tanto de pista como de campo. Minha meta não era melhorar as marcas, mas eu dei o meu melhor. Estou numa fase pesada de treino, de pré-base, focada para 2019 e mesmo nestas condições, consegui ótimos resultados. Me faz imaginar como será no ano que vem - comemorou o atleta.

O ano de 2019 marca o pré-jogos de Tóquio 2020, com a realização do campeonato mundial de Atletismo em novembro, em Dubai, e o Parapan-Americano de Lima, em agosto.

Outro destaque da competição foi o atleta da classe T12 (deficientes visuais) Joeferson Marinho de Oliveira, de 19 anos, que bateu sua marca anterior de 11s02 – terceira melhor do ranking mundial no ano, com o tempo de 10s92. O resultado garante ao atleta o segundo lugar, que pertencia ao atleta americano Noah Malone (10s99).

- As competições estão muito boas. Venho de uma evolução constante e muita preparação, com foco nas provas do ano que vem e, principalmente para Tóquio 2020. Estou muito feliz com o resultado e pela liderança do ranking nacional na minha classe - comentou Joeferson após a conquista.

O evento continuará no período da tarde no sábado, a partir das 14h, e no domingo, 30, das 08h até o meio-dia, no CT Paralímpico, localizado em São Paulo. A entrada para o evento é gratuita.

Globo Esporte