sábado, 29 de setembro de 2018

Messi sai do banco, evita o pior, mas Barça amarga o terceiro jogo sem vitória no Espanhol

(Foto: Reuters)


A semana do Barcelona foi para se esquecer. Começou com empate com o Girona no domingo, teve depois derrota para o então lanterna Leganés na quarta e acabou com o 1 a 1 com o Athletic Bilbao neste sábado. Poderia ter sido pior não fosse um certo Lionel Messi. Poupado por Ernesto Valverde, o craque 10 saiu do banco para evitar o pior e fez a jogada em que Munir garantiu o empate no Camp Nou. Antes, de Marcos abrira o placar no primeiro tempo.

Com três tropeços em sequência, o Barcelona periga perder a primeira posição. São 14 pontos conquistados em sete rodadas, mas Real, Alavés e Atlético ainda jogam na rodada e podem tomar o posto dos catalães - sobretudo os merengues que têm um ponto a menos. O Athletic segue na parte inferior da tabela, com sete pontos.

Atuando em casa, o Barcelona controlou boa parte do jogo, mas encontrou uma defesa muito bem montada do outro lado. No primeiro tempo, o Athletic teve lá seus momentos e, num deles, aos 40, Susaeta encontrou De Marcos, que abriu o placar. O jeito então foi colocar no decorrer Messi no decorrer da etapa final. Em 38 minutos, ele deu muito trabalho, colocou bola na trave e deixou Munir na cara para empatar o jogo aos 38 (em detalhe, na foto).

Messi e Busquets foram poupados por conta do jogo da próxima quarta-feira contra o Tottenham em Wembley pela Liga dos Campeões. Coutinho jogou os 90 minutos (mas sumiu no decorrer do jogo, após um bom começo), Arthur não saiu do banco, assim como Rafinha, e Malcom sequer foi relacionado.

Após iniciar as quatro primeiras rodadas com 100% de aproveitamento, o Barça vem de dois pontos nas últimas três partidas. A última vez que teve um desempenho igual ou pior neste período foi em 2016, com três derrotas em sequência para Real Madrid, Real Sociedad e Valencia.

Globo Esporte