sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Hertha Berlin abre 2 a 0 e segura o Bayern, que perde a invencibilidade no Alemão

 (Foto: Odd ANDERSEN/AFP)


O Bayern de Munique perdeu a invencibilidade no Campeonato Alemão nesta sexta-feira, na abertura da sexta rodada do torneio. O time bávaro visitou o Hertha Berlin, que abriu 2 a 0 e se fechou, jogando o segundo tempo inteiro na defesa e contando com boas defesas de Kraft e a falta de sorte dos adversários. Os gols da partida foram marcados por Ibisevic e Duda.


O Hertha Berlin visita o Mainz como próxima compromisso. Já o Bayern volta a campo pelo Alemão depois de uma rodada da Liga dos Campeões contra o Monchengladbach, que começou a 5ª rodada na quinta colocação.

Apesar de sempre buscar o ataque, independente de jogar em casa ou não, o Bayern tentou levar perigo à meta de Kraft, mas não conseguiu ameaçar o adversário com muito perigo. O Hertha Berlin, por outro lado, segurava a defesa bem e achava alguns espaços para chegar à intermediária do atual hexacampeão alemão.

Sem medo de ir para cima do Bayern, os donos da casa deram trabalho ao goleiro Neuer com uma cabeçada de Ibisevic. Na sequência do lance, Boateng disputou com o camisa 19 e fez pênalti. O próprio atacante converteu a cobrança, mandando a bola para o fundo da rede e abrindo o placar.

Saindo atrás, o Bayern quase igualou logo em seguida, com boa chegada na área e chute forte de Kimmich, desviado pelo próprio companheiro, Ribéry, mas que ainda assim, deu um susto no goleiro Kraft. Os bávaros passaram a pressionar muito o adversário e bombardearam o gol do Hertha, mas sem conseguir converter.

Mas quem voltou a marcar foram os anfitriões, já nos minutos finais da primeira etapa e depois de segurar bem a defesa. Em ótima jogada pela direita, com infiltração na área de Kalou, que passou para Lazaro, o Hertha chegou ao segundo gol após cruzamento rasteiro para os pés de Duda, que estufou a rede de direita.

Precisando reverter o placar para manter a invencibilidade no campeonato, o Bayern se lançou ao ataque de forma ainda mais agressiva e ameaçou o Hertha por todos os lados. Ora sem pontaria, ora parando na defesa, o líder pecou na eficiência e viu o tempo como mais um adversário.

O segundo tempo foi basicamente um jogo de ataque contra defesa, onde o Hertha abriu mão de ficar com a bola e ainda assim, não conseguia sair em contra-ataque para voltar a ameaçar o adversário. Foram inúmeras chances perdidas pelo Bayern em todo o tempo final da partida.

Gazeta Esportiva