segunda-feira, 3 de setembro de 2018

McLaren confirma saída de Vandoorne e chegada de Norris na próxima temporada

 (Foto: Divulgação)


A McLaren confirmou nesta segunda-feira que Stoffel Vandoorne deixará a equipe no fim da temporada deste ano. A demissão do belga, embora até esperada, tem um aspecto até surpreendente por não ter efeito imediato como se comentava nos paddocks - havia a expectativa de o francês Esteban Ocon substituir Vandoorne ainda este ano para abrir vaga na Force India a Lance Stroll, já que o pai do canadense, Lawrence Stroll, comprou a equipe.


O substituto de Vandoorne será o inglês Lando Norris, atual reserva da equipe. Norris participou do primeiro treino livre nos fins de semana dos GPs da Bélgica e Itália. O inglês é o vice-líder da temporada da Fórmula 2 pela equipe Carlin, onde é companheiro do brasileiro Sérgio Sette Câmara, e ganhou força com o bom desempenho nos testes que fez ao longo de 2018.

CEO da McLaren, Zak Brown, admitiu que a equipe não deu um carro competitivo a Vandoorne, que fez parte do programa de desenvolvimento da equipe quando corria nas categorias de base e estreou na F1 pelo time há dois anos e meio.

- Somos imensamente gratos à dedicação, trabalho duro e comprometimento de Stoffel durante seu tempo com a McLaren. Somos orgulhosos de termos tido papel em sua chegada à F1, desde sua etapa como piloto de testes até sua fantástica estreia com pontos no Barein, em 2016. Está claro que não demos as ferramentas para Stoffel demonstrar seu verdadeiro talento. É claro que gostaríamos de ter conseguido um sucesso maior, mas ele sempre será da família McLaren - disse Brown, em nota divulgada pela equipe.

Como sempre nesse tipo de comunicado, Vandoorne foi polido e agradeceu à McLaren pela oportunidade de estrear na F1 e disputar duas temporadas completas

- Sou muito grato à McLaren por ter confiado em mim nos últimos cinco anos. Apesar de não termos atingido o sucesso que desejávamos, apreciei as últimas duas temporadas correndo pela McLaren e tenho um grande relacionamento com todos no time. Quero dar o meu máximo nas sete corridas restantes do campeonato e vou anunciar meus planos para a próxima temporada no período - prometeu Vandoorne, que marcou apenas oito pontos na temporada 2018 contra 44 do companheiro Fernando Alonso, de saída da F1 no fim deste ano.

Lando Norris durante o primeiro treino livre em Spa-Francorchamps (Foto: Divulgação) Lando Norris durante o primeiro treino livre em Spa-Francorchamps (Foto: Divulgação)
Lando Norris durante o primeiro treino livre em Spa-Francorchamps (Foto: Divulgação)
Já Lando Norris se mostrou entusiasmado por poder concretizar o plano de finalmente estrear na Fórmula 1.

- Ser anunciado como piloto da McLaren é um sonho se tornando verdadeiro. Embora eu esteja fazendo parte da equipe por algum tempo, este é um momento especial. Eu gostaria de agradecer a toda a equipe por esta incrível oportunidade e por acreditar em mim. Também sou extremamente grato pelo comprometimento que a McLaren há mostrou no meu desenvolvimento, me permitindo construir minha experiência num carro de Fórmula 1 tanto em testes como nas sextas-feiras nos últimos dois fins de semana de corrida - disse Norris.

Globo Esporte