quinta-feira, 2 de março de 2017

Ciclista de Ribeirão é o melhor brasileiro na 1ª etapa da Rutas de América

(Foto: Nicolas Monrhayt)


Foi dada a largada na última terça-feira, dia 28 de fevereiro,  para a primeira etapa da Rutas de América 2017 de ciclismo, uma das provas mais tradicionais do continente. Foram percorridos 140 quilômetros, entre as cidades de Montevideo e Minas, no Uruguai, com vitória de Sixto Nuñez, dono da casa, que  completou o trajeto em 3 horas e 22 minutos. Completaram o pódio, os também uruguaios Wayner Gadea e Gregory Duarte, em segundo e terceiro lugares respectivamente.


O Uruguai dominou a parte de cima da classificação, com representantes nas nove primeiras posições. O primeiro atleta a quebrar a hegemonia do país foi Cristian Egídio, da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME), que terminou na 10ª posição, sendo o melhor brasileiro na etapa. Logo atrás de Cristian apareceu Rodrigo Melo, na 11ª posição.

Alan Maniezzo (20º), Rodrigo do Nascimento (31º), Maurício Knapp (35º) e Luis Fernando Trevisan (61º) foram os outros representantes de Ribeirão na etapa, conseguindo levar a equipe à 4ª posição por equipes na classificação geral, a melhor entre as participantes brasileiras.

Para o treinador Marcelo Donnabella, a primeira etapa foi bastante equilibrada. “Foram poucas fugas e no final a diferença foi pequena para os líderes”. Segundo Donnabella, o clima surpreendeu. “Praticamente não houve vento durante a prova, o que é bem comum nas provas uruguaias”.

A segunda etapa da Rutas de América será disputada nesta quarta-feira e ligará a cidade de Minas a San José, em um percurso de 180 quilômetros.