sexta-feira, 10 de março de 2017

Com grande atuação, Nacional-URU vence Lanús fora e larga bem na Libertadores

(Foto: Reuters)


Não foi apenas pela tradição e falta de ritmo do rival, que fazia o primeiro jogo oficial no ano. Foi pela superioridade técnica e tática. O Nacional fez um grande jogo. Foi seguro na defesa e preciso na frente e venceu o Lanús por 1 a 0, no La Fortaleza, na grande Buenos Aires, e largou bem no Grupo 7 da Libertadores, que tem também Chapecoense e Zulia. O atacante Hugo Silveira foi autor do único gol do jogo.


O atual campeão argentino sentiu o ritmo de jogo. Com a greve dos jogadores no país, o Lanús ainda não tinha entrado em campo oficialmente em 2017. E sofreu. O Nacional, por sua vez, se posicionou bem, foi incisivo com Ramírez e Álvaro González, e preciso nos pés de Hugo Silveira, que marcou o gol da vitória aos 26 da primeira etapa, após cruzamento da esquerda. Os uruguaios foram seguros toda a partida. Deram espaço para os granates avançarem, mas os donos da casa foram pouco objetivos. A melhor oportunidade do Lanús veio em cabeçada de Martínez, aos 22 do segundo tempo, defendida por Conde. Os comandados de Martín Lasarte souberam controlar bem o jogo e saíram com um ótimo resultado do La Fortaleza: 1 a 0.

O Grupo 7 teve vitórias dos visitantes. Nacional e Chapecoense lideram a chave com três pontos, mas a Chape fica na liderança por ter mais gols marcados. Zulia e Lanús ocupam as últimas posições. Na próxima rodada, os uruguaios recebem o Zulia, na próxima quarta-feira. O Lanús visita a Chape, na Arena Condá, na próxima quinta-feira.

Globo Esporte