Pular para o conteúdo principal

Final que vale. Bahia e Ceará fazem 'jogo do ano' na decisão da 'Lampions'

(Foto: Christian Alekson/Divulgação)














Nas finais do Estadual e da Copa do Nordeste, Bahia e Ceará voltam a se enfrentar na noite desta quarta-feira, no Castelão, às 22h (de Brasília), no segundo e decisivo jogo da 'Lampions League', campeonato que vale praticamente todo o semestre para as equipes. Não só pela premiação de R$ 1,5 milhão, mas especialmente pela vaga na Copa Sul-Americana.

Para ficar com o título inédito, o time alvinegro – que venceu na Fonte Nova por 1 a 0 – precisa apenas empatar ao lado da sua torcida, que acabou com todos os ingressos colocados à venda. Já o Bahia precisa vencer por qualquer placar (exceção feita ao 1 a 0, que leva a decisão para os pênaltis) para conquistar o tricampeonato do torneio – faturou em 2001 e 2002.

Para o Ceará, seria a chance de voltar a disputar a Sul-Americana, competição que não participa desde 2011. "É uma possibilidade excelente em todos os sentidos. Ganhamos novos recursos financeiros e visibilidade", disse o vice-presidente Robinson de Castro ao O Povo.

Ambas as equipes vêm de derrota no primeiro jogo da final do Estadual, a do Bahia mais preocupante. O time baiano foi derrotado por 3 a 0 pelo Vitória da Conquista e agora precisa devolver os três gols de diferença na Fonte Nova para ficar com o título baiano. Já a equipe cearense perdeu de 2 a 1 para o Fortaleza e precisa vencer por apenas um gol de diferença.

No Fazendão, a segunda-feira foi de conversa entre diretoria, comissão técnica e jogadores. Tudo para motivar os jogadores tricolores para a semana decisiva. Atitude esta aprovada pelo capitão Titi. "Houve uma conversa muito produtiva. Tenho certeza de que, com o trabalho que estamos fazendo, temos condições de reverter os dois jogos", afirmou o zagueiro.

Mas, pela frente, o Bahia terá de encarar mais de 50 mil torcedores alvinegros apoiando seu time, que joga pelo empate para conquistar o título. "Esquecemos de fazer aquilo que vínhamos fazendo na competição toda e sofremos a derrota. Agora é concentrar, unir forças para conquistar o título em Fortaleza", disse Titi após a derrota para o Vitória da Conquista.

ESCALAÇÕES

Para encarar o Ceará, o Bahia não poderá contar com o lateral Patric, suspenso por quatro jogos pelo STJD por conta de um carrinho que resultou na lesão de um jogador do Campinense, em jogo válido pelas quartas de final.

Já Silas não terá à disposição o atacante Marinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em contrapartida, o meia Ricardinho, que virou dúvida depois do jogo contra o Fortaleza, não preocupa e vai para a partida. O jogador foi um dos destaques do duelo de ida da Fonte Nova ao marcar o único gol, em um 'frango' do goleiro Jean. William, recuperado, está de volta.

UOL Esporte

Comentários