John Terry resiste à aposentadoria e fica perto de assinar com o Spartak de Moscou

(Foto: Reuters)


Após marcar época com as camisas de Chelsea e Inglaterra, John Terry está perto de assinar com o Spartak de Moscou, informou neste sábado a imprensa britânica. Sem time desde o fim da última temporada, quando defendeu o Aston Villa, o zagueiro de 37 anos chegou a cogitar virar técnico durante as últimas férias, em Portugal, mas resiste à aposentadoria.

- Há oito ou dez anos de carreira que não me sentia tão bem - afirmou recentemente Terry, ao jornal "Daily Mail".

Após 19 anos defendendo o Chelsea, Terry se transferiu para o Aston Villa no início da temporada passada com a missão de colocar o time de volta na Premier League. Capitão, atuou em 35 partidas da chamada Championship, se classificou para os playoffs, mas caiu muito perto do acesso.

O Spartak teria feito proposta a Terry de € 2,3 milhões por um ano de contrato. Ainda segundo a imprensa inglesa, o jogador já teria passado por exames médicos. Terry, com 78 jogos pela Inglaterra na carreira, é um dos jogadores mais vitoriosos do futebol inglês, tendo conquistado cinco Premier Leagues, cinco FA Cups e uma Liga dos Campeões.

Globo Esporte