quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Bruno Soares e Marcelo Melo param na estreia do Masters 1000 de Toronto

(Foto: Darrian Traynor/Getty Images)


O dia não foi positivo para o tênis brasileiro no Canadá. Os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo caíram logo na estreia do Masters 1000 de Toronto, na tarde desta quarta-feira. Quem se despediu primeiro foi Soares, ao lado do britânico Jamie Murray. Eles perderam para o austríaco Alexander Peya e o croata Nikola Mektic por duplo 6/4. Minutos depois, Marcelo Melo também foi eliminado. O "Girafa" e o parceiro Lukasz Kubot foram superados pelo sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus por 6/3, 5/7 e 11-9.

Ambos os jogos foram definidos no detalhe, mas os brasileiros largaram atrás e não conseguiram reagir para completar a virada. O próximo torneio dos brasileiros será o Masters 1000 de Cincinnati, que inicia na próxima segunda-feira.

Os sacadores prevaleceram no jogo de Melo e uma quebra em cada set definiu a dupla vencedora das parciais. No desempate, os adversários abriram vantagem logo no início e, apesar de Kubot/Melo salvar três match-points, conseguiram impedir a reação para fechar o jogo. Foi a segunda derrota consecutiva de Melo na estreia. Ele também caiu no jogo de abertura no ATP 500 de Washington. Bruno Soares, por sua vez, vinha de título na capital americana, mas não conseguiu manter o embalo.

Globo Esporte