domingo, 19 de agosto de 2018

Carro voa no alambrado de superoval, e piloto é removido de helicóptero na Indy

(Foto: Reprodução)


Um acidente assustador logo no começo da corrida paralisou a etapa de Pocono da Fórmula Indy. Em uma disputa com o norte-americano Ryan Hunter-Heay, o canadense Robert Wickens perdeu o controle e voou sobre o alambrado. Vários carros que vinham atrás, entre eles o do brasileiro Pietro Fittipaldi, também acabaram atingidos por destroços, e a direção de prova foi obrigada a acionar a bandeira vermelha na oitava volta.

Após a batida, o autódromo foi tomado pela tensão quando Wickens não respondeu à equipe pelo rádio. O piloto foi resgatado do cockpit já com o colar cervical. Removido para o centro médico, o competidor foi posteriormente levado de helicóptero para um hospital. A categoria ainda não divulgou informações mais detalhadas sobre o estado de saúde do piloto, apenas que ele deixou o autódromo "consciente e alerta". Há suspeita de fraturas.

Além de Wickens, que faz sua primeira temporada na categoria, outros quatro pilotos foram atendidos no centro médico. Um deles foi Pietro Fittipaldi, também estreante, que sofreu uma pancada no tornozelo direito. É a mesma região que foi afetada no acidente em um treino no Mundial de Endurance, no começo de maio, quando o neto de Emerson Fittipaldi quebrou a perna. Uma hora depois da batida, Pietro foi liberado e deixou o local andando.

Mesmo depois do atendimento a Wickens, a prova levou duas horas para ser reiniciada devido aos reparos no alambrado, que ficou totalmente destruído pela pancada. A batida, a quase 400 km/h, foi no ponto mais rápido da pista, mas o capacete de Wickens não atingiu o muro ou o alambrado.

Foi nesta mesma pista, há dois anos, que a Indy teve seu último acidente fatal. Naquela prova, o britânico Justin Wilson foi atingido no capacete por um destroço de um acidente à sua frente e não resistiu aos ferimentos.

O norte-americano Alexander Rossi venceu a corrida deste domingo e diminuiu para 29 pontos a desvantagem em relação ao líder do campeonato, o neozelandês Scott Dixon (430 x 401). Atual campeão da Fórmula Indy, o norte-americano Joseph Newgarden vem em terceiro, a 66 pontos de Dixon. Tony Kanaan, que não competou a prova deste domingo em Pocono, é o melhor brasileiro, em 15º na tabela.

Globo Esporte