terça-feira, 28 de agosto de 2018

Ferj assume custos, e jogos decisivos do Carioca 2019 terão VAR

(Foto: André Durão/GloboEsporte.com)


O Campeonato Carioca de 2019 terá o VAR, na sigla em inglês, ou árbitro de vídeo. A Federação de Futebol do Rio (Ferj) concordou em bancar todos os custos. A empresa escolhida - entre quatro propostas - foi a Hawk-Eye Innovations, a mesma responsável pelo VAR na Copa do Mundo da Rússia.

Serão treinados 25 árbitros do quadro da entidade por R$ 175 mil. O uso da tecnologia custará R$ 25 mil por jogo. Serão 10 partidas com VAR: as semifinais e finais de turno, e os quatro jogos da decisão estadual. Dessa forma, no primeiro ano o total do contrato será de R$ 425 mil - o valor projetado inicialmente era de R$ 225 mil de treinamento, com R$ 475 mil de custo total no primeiro ano.

O martelo foi batido nesta terça-feira em reunião na Ferj da qual participaram o presidente da entidade, Rubens Lopes, o diretor financeiro, Cláudio Lopes, e o presidente da comissão de arbitragem, Jorge Rabello. O próximo passo é uma reunião com representantes da Hawk-Eye para ajustar a forma de pagamento. Em seguida, assinar o contrato.

- Está confirmado, vai ter VAR. Agora vamos marcar uma reunião com a presença do diretor financeiro apenas para acertar a forma de pagamento com a Hawk-Eye. Acertando isso, assinatura do contrato com parecer do departamento jurídico da Ferj - disse Jorge Rabello, presidente da Comissão de Arbitragem de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Coaf-RJ).

Globo Esporte