quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Bruno Soares e Marcelo Melo estreiam com vitórias tranquilas no US Open

(Foto: Matthew Stockman / Getty Images)


Bruno Soares estreou com o pé direito em busca de seu bicampeonato de duplas no US Open. Ao lado de seu parceiro Jamie Murray, o brasileiro teve uma ótima atuação e passou sem sustos pelo argentino Guido Pella o espanhol Albert Ramos-Vinolas por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3, em apenas 1h03 de confronto.

Na segunda rodada do US Open, Soares e Murray encaram o australiano Marcus Daniell e o holandês Wesley Koolhof. Em 2017, a parceria entre o brasileiro e o britânico caiu nas quartas de final e tenta, dessa vez, repetir a campanha que os levou ao título no ano anterior.

- Foi uma estreia muito boa. Jogamos super bem, mantendo o ritmo de Toronto, Washington e Cincinnati, com muita determinação. Estou muito feliz. A torcida brasileira como sempre apareceu e fez barulho. É muito bacana o clima aqui. Nesse calor sei que não está fácil acompanhar os jogos direto, mas o público compareceu e é sempre muito bom jogar com a casa cheia - comemorou Bruno.

Depois foi a vez do mineiro Marcelo Melo garantir vaga na segunda fase do torneio. Horas antes de entrar em quadra, a dupla adversária formada pelo espanhol Fernando Verdasco e o canadense Vasek Pospisil desistiu. O mexicano Hans Hach Verdugo e o sueco Andreas Siljestrom herdaram a vaga. Ao lado do polonês Lukasz Kubot, o brasileiro confirmou o favoritismo com vitória sobre 6/3 e 7/6(2). Eles enfrentam o neozelandês Artem Sitak e o indiano Divij Sharan por vaga nas oitavas de final da competição.

Marcelo Demoliner cai nas mistas

Outro brasileiro em ação nesta quinta-feira foi Marcelo Demoliner. Depois da vitória nas duplas na quarta, o gaúcho voltou à quadra dessa vez pela chave de duplas mistas, mas acabou eliminado da competição. Ao lado da espanhola Maria Martinez Sanchez, ele perdeu para a parceria formada pelo francês Edoard Roger-Vasselin e a tcheca Andrea Sestini Hlavackova por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (8) e 6/1.

Bruno Soares também vai atuar nas duplas mistas ao lado da ucraniana Elina Svitolina. Será a primeira vez que os dois atuarão juntos. O Brasileiro já foi campeão do US Open nas duplas mistas em 2012 e 2014, quando formou parceria com a russa Ekaterina Makarova.

Globo Esporte