terça-feira, 14 de agosto de 2018

Carpegiani chega a Salvador nesta terça para assinar com o Vitória

(Foto: André Durão)


O mistério acabou no Vitória. O clube aguarda, nesta terça-feira, a chegada de Paulo Cesár Carpegiani para assumir o comando do clube. O treinador deve ser apresentado oficialmente no treino desta quarta pela manhã, na Toca do Leão. O próprio treinador confirmou ao GloboEsporte.com o acerto com o Rubro-Negro e afirmou que chega na noite desta terça.

O último clube de Carpegiani havia sido o Flamengo, de onde foi demitido ainda no primeiro semestre, no fim de março, após derrota para o Botafogo na semifinal do Campeonato Carioca. Junto com ele, caiu também o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano.

Antes do Rubro-Negro carioca, o treinador, que é natural do Rio Grando do Sul, teve passagem curta, porém de destaque, pelo Bahia. Na Série A do ano passado, Carpegiani chegou para substituir Preto Casagrande, pegou a equipe em um momento ruim e logo alcançou bons resultados, fazendo com que o Tricolor se classificasse para a Sul-Americana.

Pouco depois da publicação desta reportagem, o Vitória soltou nota confirmando a contratação do treinador.

O Esporte Clube Vitória comunica que Paulo César Carpegiani é o novo técnico da equipe profissional rubro-negra. O contrato é válido até o final do Brasileirão 2018. Carpegiani chega a Salvador na noite desta terça-feira (14).

Paulo César Carpegiani comandou o Vitória em 2012 e deixou o clube de maneira conturbada. Depois de uma excelente campanha na Série B, sobretudo no primeiro turno, ele foi demitido pelo então presidente Alexi Portela, mesmo com o acesso praticamente carimbado. Pela maneira como a demissão foi conduzida, o treinador fez duras críticas ao dirigente e o chamou de "influenciável".

Depois da demissão de Vagner Mancini, João Burse comandou a equipe interinamente e estava sob avaliação, porém a goleada sofrida para o Grêmio no último fim de semana selou o fim da passagem do profissional pelo elenco principal, e ele deve voltar a comandar a equipe sub-23.

Globo Esporte