sexta-feira, 24 de agosto de 2018

RBR sobre proposta a Alonso: "Talvez tenha sido um mecânico nosso que é fã dele"

(Foto: Getty Images)


No primeiro dia que a mídia teve contato com os pilotos da Fórmula 1 depois das férias de verão, nesta quinta-feira, Fernando Alonso soltou logo uma bomba daquelas ao afirmar que a RBR teria lhe procurado duas vezes neste ano. Contudo, tanto o chefe do time, Christian Horner, quando o diretor do programa de pilotos, Helmut Marko, não só negaram a informação, como ironizaram as declarações do espanhol.

- Talvez tenha sido um mecânico ou engenheiro da gente que é fã dele - disse Helmut Marko ao jornalista alemão Tobi Grüner.

Antes da declaração de Alonso sobre as ofertas feitas em 2018, os chefes da RBR já haviam sido questionados se o espanhol teria vaga no time. Contudo, as respostas sempre foram negativas e, quase sempre, com o argumento de que o espanhol não trabalha bem em equipe e que gosta de "criar caos". Em uma entrevista à TV Sky Sports nesta sexta, o piloto da McLaren falou sobre o assunto, detalhou todas as vezes que a RBR o procurou, revelou um pedido de desculpas de Horner durante as férias pelas recentes declarações e disse esperar que o dirigente se desculpe novamente pelos comentários recentes de que o espanhol estaria mentindo sobre as ofertas.

- Sim, eu tive algumas ofertas da RBR. Na verdade, eu tive em 2007, 2009, 2011, 2013 e duas esse ano: uma em Mônaco e, a outra, em agosto. Então estou feliz que essa pergunta tenha sido feita, porque os comentários de Horner e Marko neste verão são completamente fora de contexto, sobre eu criar caos e ser um homem difícil de trabalhar. Primeiro, nunca trabalharam comigo. Segundo, eles me procuraram em cinco ou seis oportunidades nos últimos sete anos e agora se dizem leais ao programa de jovens pilotos. Tem sido estranho e injusto comigo. Eu escrevi para Christian após aos comentários dele neste verão. Ele se desculpou por email e espero que faça novamente neste fim de semana.

Alonso ouve pergunta em coletiva na Bélgica, ao lado de Ricciardo (Foto: Getty Images) Alonso ouve pergunta em coletiva na Bélgica, ao lado de Ricciardo (Foto: Getty Images)
Alonso ouve pergunta em coletiva na Bélgica, ao lado de Ricciardo (Foto: Getty Images)
Porém, Horner novamente desmentiu o espanhol. Não somente sobre as ofertas, mas também a respeito do pedido de desculpas.

- Horner disse que nenhuma oferta ou desculpa foi dada. Fernando apenas sendo Fernando - postou o jornalista responsável pelas redes sociais da F1, Will Buxton.

Globo Esporte