segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Wawrinka estreia com triunfo em Cincinnati e terá Nishikori pela frente

(Foto: Fabrice Coffrioni/AFP)


Stan Wawrinka segue tentando voltar ao circuito em alto nível após sofrer com uma cirurgia no joelho. Na estreia do Masters 1000 de Cincinnati, o suíço superou o número 12 do mundo, o argentino Diego Schwartzman,por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/3, após 1h54 de jogo.

Depois de uma dura estreia, a chave segue complicada para Wawrinka, que terá pela frente o japonês Kei Nishikori, nesta quarta-feira. No retrospecto, cada tenista venceu quatro vezes, sendo 3 a 3 na superfície dura.

Atual número 151 do mundo, o suíço segue buscando se recuperar no ranking da ATP. Com a vitória desta segunda-feira, ele recebe 45 pontos e subirá 18 posições, ficando em 133º. Caso passe pelo japonês, ele se aproximará da 120ª colocação.

No primeiro set, Wawrinka conseguiu duas quebras e ainda desperdiçou outra chance de break no quinto game. Com consistência e sem dificuldades, fechou a parcial. Na sequência, porém, Schwartzmann reagiu e abriu 3 a 1. Na sequência, porém, o argentino não confirmou a quebra e cedeu o break, deixando tudo igual. No décimo game, porém, o suíço voltou a ter seu serviço quebrado e viu o adversário fechar a parcial.

O terceiro set começou equilibrado, até que Wawrinka conseguiu duas quebras consecutivas: uma no sétimo game e outra no nono, o que sacramentou o triunfo.

Gazeta Esportiva