quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Em partida marcada por homenagens, Chapecoense perde para o Torino

 (Foto: Divulgação/Chapecoense)


No encontro de duas equipes marcadas por tragédias aéreas, o Torino venceu a Chapecoense por 2 a 0 e levou o símbólico título da SportPesa Cup. A partida valeu para manter viva a memória daqueles que se foram. Em campo, o jogo serviu para a Chapecoense dar ritmo de jogo aos jogadores que não estão tendo oportunidades no Brasileirão. Ao Torino, fez parte da pré-temporada que visa o Campeonato Italiano. O duelo foi disputado em Turim, no estádio Olímpico Grande Torino.

Antes da bola rolar, os atletas assistiram um vídeo com imagens do elenco de 2016 da Chapecoense, que sofreu o trágico acidente aéreo na Colômbia. A emoção tomou conta do estádio e Jakson Folmann, um dos sobreviventes, se emocionou. Ele, inclusive, deu o pontapé inicial da partida.

A quarta-feira é movimentada para a Chapecoense. O grupo principal está em São Paulo para enfrentar o Corinthians, pela Copa do Brasil. Em Turim, o auxiliar técnico Emerson Cris aproveitou para colocar todos os jogadores que viajaram.

Com mais intensidade, o Torino dominou as ações da partida. A Chape sentiu a falta de ritmo de jogo e entrosamento e pouco assustou a meta italiana. Os gols saíram no segundo tempo. Primeiro com Meité, depois com De Silvestri.

Além de ter todas as despesas pagas, a Chapecoense também embolsou cerca de R$ 1,3 milhão de cota. Parte da renda da partida, que teve pouco mais de 13 mil pagantes, também será revertida para a equipe catarinense.

O time italiano chorou o desastre aéreo em 1949 quando o elenco inteiro veio a falecer. O avião que retornava com a delegação de uma partida em Lisboa contra o Benfica, prejudicado por um forte nevoeiro, chocou-se com o campanário da conhecida Basílica de Superga, em Turim. 67 anos depois, foi a vez dos brasileiros sentirem dor semelhante, em 2016, com a queda do avião da Lamia, na Colômbia. Ligadas por um histórico de superação, os times acertaram o amistoso que vai ficar guardado na memória.

Globo Esporte