Pular para o conteúdo principal

Ricciardo vê Vettel "impiedoso" e aposta que alemão se adaptará na Ferrari















Agora ex-companheiro de equipe de Sebastian Vettel, o australiano Daniel Ricciardo fez uma análise sobre o tetracampeão da Fórmula 1, que em 2015 deixa a Red Bull após seis temporadas para estrear na Ferrari.

Segundo Ricciardo, que superou Vettel na disputa interna da Red Bull no último Mundial, a capacidade do ex-companheiro de trabalhar com a equipe renderá frutos à escuderia italiana, que não venceu nenhuma corrida em 2014.

"A maneira com que ele torna próximas as pessoas que trabalham com ele é impressionante. É o jeito com que ele exige e consegue o que quer. Nós [pilotos] nunca estamos felizes com nossos carros e sempre queremos algo mais deles. Ele [Vettel] é bem impiedoso, mas ao mesmo tempo justo, nesse procedimento", explicou Ricciardo à revista "Autosport".

"Ele consegue ser sério e olhar o time nos olhos, dizendo 'eu preciso disso', e ganha o respeito agindo dessa forma. Ele não descansa e não estará feliz ficando para trás, e acho que é uma boa maneira de agir. A mensagem é que caras bonzinhos nem sempre vencerão. Vencem às vezes, mas não sempre, e sempre há momentos que você precisa ser um pouco impiedoso."

Ricciardo diz ter aprendido sobre isso com o companheiro de equipe na temporada que correram juntos. "Descobri um pouco disso nesse ano: me manter respeitoso com as pessoas que trabalho, mas assumindo a responsabilidade sobre coisas que eu quero ou acredito. Você precisa disso, senão será encostado. E isso vale para qualquer esporte e para a vida", analisou.

Sobre o futuro da Ferrari com Vettel, Ricciardo prevê uma adaptação natural do tetracampeão na escuderia. "Não acho que ele chegará para 'abalar as estruturas', mas, com certeza, para mudar as coisas. E é como qualquer mudança: ele se adaptará e conseguirá isso. Acho que em seu primeiro teste deve ter sido estranho, mas em Melbourne [no primeiro GP de 2015] ele já se sentirá bem."

UOL Esporte

Comentários