Pular para o conteúdo principal

São Paulo contrata mais e fecha portas para próprias revelações

Meia Daniel, ex-Botafogo, assinou neste sábado com o São Paulo. Antes dele, Thiago Mendes, Bruno e Carlinhos também foram contratados















O vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, afirmou em reportagem publicada no último dia 11 que não contrataria o meia Thiago Mendes, 22, do Goiás, pelo seguinte motivo: "Estamos cheios de gente nesse setor. Temos muitos jogadores de meio de campo". Agora, 17 dias depois, o clube não só anunciou Thiago Mendes como também o companheiro de posição Daniel, ex-Botafogo. Dois reforços que chegam para o setor que perdeu Kaká, mas que tinha no jovem Gabriel Boschilia, 18, a grande esperança das categorias de base.

A diretoria também falava, há 17 dias, em dar mais espaço a Boschilia em 2015. Principal produto de Cotia atualmente no profissional e presença constante nas seleções brasileiras de base, o meio-campista teve fim de ano razoavelmente bom com Muricy Ramalho e aparecia como possível opção para a equipe titular. Agora, apesar de perder Kaká como concorrente por vaga na equipe, ganha Thiago Mendes, Daniel e Michel Bastos – fixado como meia após a contratação de Carlinhos, ex-Fluminense, agora concorrente do uruguaio Alvaro Pereira.

Thiago Mendes é volante de origem, mas jogou o Brasileirão como meia ofensivo no Goiás. Já Daniel, é meia ofensivo e também pode jogar como segundo atacante, fora da área. Na formação tática que deu a Muricy Ramalho o vice-campeonato do torneio nacional em 2014, eles são opções para as posições de Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos (Kaká, antes), como meio-campistas abertos pelas laterais. Exatamente a mesma função de Boschilia em campo.

E há outro são-paulino revelado em Cotia que se prejudica pelas chegadas dos reforços: Ademilson, de 20 anos, vinha sendo utilizado por Muricy em diversos momentos como meia direita. Este, no entanto, não era visto como potencial para 2015. Na concorrência, ainda há Osvaldo, que solicitou uma reunião com a diretoria e deve deixar o clube – interessa ao rival Palmeiras.

Há outra contratação que também atrapalha mais duas revelações são-paulinas. O lateral direito Bruno, ex-Fluminense, disputará vaga na equipe com Auro, 18, que apareceu bem como alternativa em 2014 após a venda de Douglas ao Barcelona. Agora, as opções na lateral são o novo reforço e o volante Hudson, que terminou bem a temporada improvisado. Isso ainda faz com que Paulo Miranda seja visto como zagueiro – o jovem Lucão, então, de 18 anos, ganha outro competidor pela vaga de titular. Rafael Toloi, Edson Silva, Antonio Carlos e Rodrigo Caio – outra joia do clube –  também estão na disputa.

Naturalmente, além das sobreposições a Boschilia, Ademilson, Auro, Lucão e Rodrigo Caio, que volta de lesão, o elenco inflado para a disputa da Copa Libertadores quase não dará espaço para que uma nova geração de revelações seja promovida.

Além dos supracitados, o São Paulo ainda conta com o atacante Ewandro, 18, como revelado no clube atualmente no elenco principal. Nas categorias inferiores, os volantes Gustavo Hebling e Matheus Reis e o atacante Joanderson são alguns dos que poderiam ser promovidos. 

UOL Esporte

Comentários