Borebi revela choro, mas ressalta apoio do elenco

05.jul.2013 - Milena Aurea / A Cidade

Contratado para defender o Botafogo na Série D, Borebi não poderá jogar em caso de classificação

No último jogo do Botafogo, o atacante Borebi sofreu uma contusão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e ficará de seis a oito meses longe dos gramados. Ao ter a confirmação da lesão e o aviso de que terá de passar por cirurgia, o jogador revelou o sentimento e o choro.

“Eu estava esperançoso e otimista até depois de fazer o exame, mas aí deu o resultado e fiquei muito chateado. Chorei demais”, afirmou Borebi.

Nesta quinta-feira (15), no estádio Santa Cruz, o jogador já estava mais tranquilo e conseguia brincar sobre a dificuldade em subir as escadas que dão acesso à área administrativa do clube. “Tem que colocar um elevador aqui para mim”, brincou.

A descontração se deve ao apoio que o jogador recebeu tanto da diretoria botafoguense quanto do elenco.

“Os companheiros, o presidente e toda a diretoria disseram que vão me dar todo o apoio necessário e isso me deixou um pouco mais tranquilo”, disse.

Recuperação

Com contrato até o fim de outubro, o atacante Borebi deve ser operado já no começo da semana que vem e fazer toda a recuperação no próprio Botafogo.

“Como o próprio presidente me disse, a responsabilidade é toda do Botafogo e provavelmente vou fazer toda a minha recuperação aqui. Tenho toda confiança nos profissionais daqui”, destacou o atleta.

Foi a primeira contusão do jogador em toda a sua carreira. “Nunca tive nem um entorse. Infelizmente são ossos do ofício”, se resignou o jogador.

Jornal A Cidade

Comentários